Atenção;Este site contém cenas violentas inadequadas para menores de 18 anos e pessoas sensíveis Aqui assuntos policiais são tratados da mais real maneira possível

MULHER CASADA MORRE ESTRANGULADA AO DIZER QUE PINTO DO AMANTE NÃO SUBIU NA HORA "H"

FORÇA POLICIAL | 13:11 |

Michele era casada e mãe de dois filhos. Seu maior problema era o alcoolismo. Certo dia, ela saiu de casa para "tomar uma" e traiu o marido ao aceitar carona de um conhecido da família que estava no local. Os amantes foram para um lugar mais reservado, porém, o rapaz falhou na hora "H" e Michele debochou de sua cara, morrendo estrangulada pelo homem.
O assassino confesso de uma mulher de 25 anos, cujo corpo foi encontrado em uma estrada de Vargem, no Interior de São Paulo, disse à polícia que matou a vítima porque foi alvo de piadas, após não conseguir ter uma relação sexual com ela. Segundo a Polícia Civil da cidade, sinais no corpo de Michele Aparecida Siqueira, achado no dia 27 de julho, denotavam violência sexual, além de apresentar lesões no pescoço, possivelmente ocasionada por esganadura. Apesar disso, a polícia afirma que não houve estupro, e que a mulher, horas antes do crime, tinha ingerido bebida alcoólica e estava embriagada. Ela teria aceitado fazer um programa com Leandro Ermida dos Santos, de 31 anos, que admitiu ter matado Michele por estrangulamento. Segundo a versão do assassino, o crime aconteceu após ele ter discutido com Michele, por não conseguir fazer sexo e ter sido alvo de zombaria.
Crime aconteceu na manhã de domingo, 27, no Bairro do Rio Acima, em Vargem FOTO: DAVI JOEL

Veja Outras Matérias Abaixo:

Seja Profissional Indique Á Fonte Correta; :
Plágio é crime,Veja;No campo penal: “Art. 184. Violar direitos de autor e os que lhe são conexos: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, ou multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). § 1o Se a violação consistir em reprodução total ou parcial, com intuito de lucro direto ou indireto, por qualquer meio ou processo, de obra intelectual, interpretação, execução ou fonograma, sem autorização expressa do autor, do artista intérprete ou executante, do produtor, conforme o caso, ou de quem os represente: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - reclusão, de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003)”.Fonte;Portal A Desgraça