Atenção;Este site contém cenas violentas inadequadas para menores de 18 anos e pessoas sensíveis Aqui assuntos policiais são tratados da mais real maneira possível

PADRE BELECA DIZ QUE VIU A MORTE DE PERTO AO SER ESFAQUEADO EM TERESINA

FORÇA POLICIAL | 18:32 |

Dom Francisco das Chagas Silva, o padre Beleca, disse que viu a morte de perto ao ser esfaqueado no pulso do braço direito e na clavícula do lado esquerdo por um homem chamado Francisco das Chagas, o Chaguinha, quando estava escrevendo em sua casa no bairro Mafrense, zona Norte de Teresina.

O padre Beleca, que ficou conhecido por fazer casamentos de pessoas que já eram casadas, mas não divorciadas e registros de seus casamentos que celebrava, que eram preenchidos com lápis e depois podiam ser apagados com borracha. Ele chegou a ser preso na penitenciária de Pedrinhas em São Luís, no Maranhão, acusado de abuso sexual de adolescente.“Eu vi a morte de perto. Eu conheço Chaguinha quando ele ainda era um menino. Quando eu estava escrevendo e sem nenhum motivo ele deu um golpe no pulso e outro na clavícula, próximo da nuca. O sangue jorrava e eu pensei que ia morrer naquele momento. Eu só não perdi a visão, mas já não tinha consciência do que estava acontecendo”, falou o padre, acrescentando que passou por cirurgia no hospital do Satélite onde foi internado pelo esfaqueamento. Ele declarou que as facadas lhe fizeram derramar muito sangue. “Eu escapei dessa porque Deus me quer vivo para continuar minha missão como sacerdote”, declarou o padre Beleca. Ele disse que não faz mais casamentos por falta de espaço na casa da sua irmã. Ele agora procura uma casa de 3 cômodos para abrir um templo da Igreja Ortodoxa de Alexandria.Fonte;MeioNorte

Veja Outras Matérias Abaixo:

Seja Profissional Indique Á Fonte Correta; :
Plágio é crime,Veja;No campo penal: “Art. 184. Violar direitos de autor e os que lhe são conexos: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, ou multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). § 1o Se a violação consistir em reprodução total ou parcial, com intuito de lucro direto ou indireto, por qualquer meio ou processo, de obra intelectual, interpretação, execução ou fonograma, sem autorização expressa do autor, do artista intérprete ou executante, do produtor, conforme o caso, ou de quem os represente: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - reclusão, de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003)”.Fonte;Portal A Desgraça