Atenção;Este site contém cenas violentas inadequadas para menores de 18 anos e pessoas sensíveis Aqui assuntos policiais são tratados da mais real maneira possível

MULHER CAI DA GARUPA DE UMA MOTO NA PARAÍBA E AINDA É ATROPELADA, TANTO PILOTO QUANTO A MULHER NÃO USAVAM CAPACETE E AINDA HAVIAM ACABADO DE SAIR DE UM BAR:

FORÇA POLICIAL | 06:39 |

Na tarde deste último domingo (21) uma mulher morreu após um acidente na BR-104, localizado próximo a ladeira das Gamelas entre Nova Floresta e Cuité na Paraíba.
Segundo informações de nossos correspondentes a mulher apenas identificada como Késsia estava na garupa da motocicleta de seu companheiro conhecido como “Nal”, ambos bebiam num local conhecido popularmente como bar do Pirão, quando resolveram sair mesmo contra pedidos de amigos. Na estrada eles faziam “zigue - zague” quando colidiram com outra moto que vinha sentido contrário. A moto era conduzida por um senhor de idade, com o impacto, o condutor da outra moto perdeu o controle da motocicleta e a garupa caiu no asfalto e foi ainda atropelada por um veículo que a matou na hora. Nenhuns dos dois usavam capacete, Késsia teve o crânio esfacelado. O SAMU de Cuité foi acionado e socorreu as outras vítimas do acidente que foram encaminhados para o hospital de Campina Grande na Paraíba e de acordo com socorristas ambas passam bem.


Repórter Cidades / Plantão PolicialJerry MesquitaWhatsapp(64) 9297 8263

Veja Outras Matérias Abaixo:

Seja Profissional Indique Á Fonte Correta; :
Plágio é crime,Veja;No campo penal: “Art. 184. Violar direitos de autor e os que lhe são conexos: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, ou multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). § 1o Se a violação consistir em reprodução total ou parcial, com intuito de lucro direto ou indireto, por qualquer meio ou processo, de obra intelectual, interpretação, execução ou fonograma, sem autorização expressa do autor, do artista intérprete ou executante, do produtor, conforme o caso, ou de quem os represente: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - reclusão, de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003)”.Fonte;Portal A Desgraça