Atenção;Este site contém cenas violentas inadequadas para menores de 18 anos e pessoas sensíveis Aqui assuntos policiais são tratados da mais real maneira possível

Juazeiro do Norte-CE: “Marcos Capeta” morreu pela madrugada no HRC após ser baleado ontem no bairro Pirajá

FORÇA POLICIAL | 15:45 |

Morreu por volta de 01h30min desta quinta-feira em um dos leitos do Hospital Regional do Cariri o jovem Marcos Carlos Barbosa Santana, de 22 anos, que era apelidado por “Marcos Capeta” e residia na Rua 1º de Maio, 1008 no bairro das Casas Populares em Juazeiro do Norte.
No início da tarde de ontem ele foi baleado quando trafegava pela Rua Rui Barbosa e tombou na calçada de uma residência na Rua Monsenhor Esmeraldo no bairro Pirajá. Uma equipe do SAMU esteve no local e o socorreu em estado grave para o Hospital Regional do Cariri após a vítima ser atingida com um tiro no tórax e outro de raspão no braço. Marcos ainda foi submetido a uma cirurgia, mas não resistiu à gravidade do ferimento e morreu 13 horas depois. Uma viatura do Ronda do Quarteirão diligenciou nas imediações sem o êxito de localizar o autor dos disparos. Depois, uma informação foi repassada para a CIOPS (Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança) apontando uma pessoa identificada apenas por “Marcos Aurélio” como acusada. Segundo a polícia, Marcos já tinha passagens por tentativa de furto, furto, arrombamento e ameaça. Foi o segundo homicídio do mês de outubro e o 117º do ano em Juazeiro do Norte. Na última sexta-feira, dia 3, ele já tinha sido vítima de um atentado à faca em sua casa e escapou no mesmo hospital. Antes, no dia 18 de fevereiro do ano passado, na Rua São José, 441, ele ameaçou de morte sua tia Ana Paula Barbosa de Sousa, de 40 anos, enquanto no último dia 12 de dezembro, no cruzamento das ruas 22 de Julho e Padre Francisco (Limoeiro), Marcos foi alvejado com um tiro por dois homens em uma moto Honda Biz.Fonte;Miséria

Veja Outras Matérias Abaixo:

Seja Profissional Indique Á Fonte Correta; :
Plágio é crime,Veja;No campo penal: “Art. 184. Violar direitos de autor e os que lhe são conexos: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, ou multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). § 1o Se a violação consistir em reprodução total ou parcial, com intuito de lucro direto ou indireto, por qualquer meio ou processo, de obra intelectual, interpretação, execução ou fonograma, sem autorização expressa do autor, do artista intérprete ou executante, do produtor, conforme o caso, ou de quem os represente: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - reclusão, de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003)”.Fonte;Portal A Desgraça