Atenção;Este site contém cenas violentas inadequadas para menores de 18 anos e pessoas sensíveis Aqui assuntos policiais são tratados da mais real maneira possível

CASAL DE LADRÕES SÃO CAPTURADOS POR POPULARES E OBRIGADOS A COMER CAPIM

FORÇA POLICIAL | 08:10 |

Um vídeo mostra o momento em que um casal de ladrões capturado por populares e obrigado a comer grama pedia para ser liberado. Marcos Paulo Rodrigues dos Santos, de 18 anos, morador no Jóquei Clube, e a namorada Adriene Alves Pereira, de 19 anos, moradora no João Paulo 2º, foram pegos após roubar um celular no final da manhã desta sexta-feira (28) na Vila Sulmati, em Dourados.
Nas imagens, a jovem argumenta que teria feito entrevista em busca de emprego hoje mesmo. Ela pede água, alegando que vai passar mal. O jovem, por sua vez, pede repetidamente para ser solto. “O tio, solta nós só desta vez”, reivindica. Um homem armado, que seria Policial Civil, é quem imobiliza o ladrão. A vítima, uma mulher de 47 anos, estava na frente da casa de uma amiga, no cruzamento das ruas Ediberto Celestino de Oliveira Onofre Pereira de Matos, quando foi abordada. O casal se aproximou de bicicleta, anunciou o assaltou e roubou um aparelho de telefonia celular. Mas a fuga não foi bem calculada. Como o jovem não conseguiu pedalar rápido o suficiente para fugir rapidamente do local do crime por causa do Peso da garupa, houve tempo para que a vítima gritasse por socorro. Populares correram atrás do casal de assaltantes e na Rua dos Missionários, a uma quadra do local do roubo, alcançaram a bicicleta. Como resultado, os namorados ladrões levaram uma surra e chegaram a ser obrigados a comer grama. A Polícia Militar foi acionada e conduziu o casal até a delegacia. Com eles havia uma faca e o telefone celular que acabara de ser roubado. (Com informações do repórter Sidnei Lemos, o Bronka)

Veja Outras Matérias Abaixo:

Seja Profissional Indique Á Fonte Correta; :
Plágio é crime,Veja;No campo penal: “Art. 184. Violar direitos de autor e os que lhe são conexos: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, ou multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). § 1o Se a violação consistir em reprodução total ou parcial, com intuito de lucro direto ou indireto, por qualquer meio ou processo, de obra intelectual, interpretação, execução ou fonograma, sem autorização expressa do autor, do artista intérprete ou executante, do produtor, conforme o caso, ou de quem os represente: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - reclusão, de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003)”.Fonte;Portal A Desgraça