Atenção;Este site contém cenas violentas inadequadas para menores de 18 anos e pessoas sensíveis Aqui assuntos policiais são tratados da mais real maneira possível

FILHO RACHA A CABEÇA DA MÃE COM UMA PAULADA SÓ PORQUE ELA NÃO DEU DINHEIRO PRA ELE COMPRAR DROGAS

FORÇA POLICIAL | 12:18 |

Um homem identificado como Eliomar Veras de Moraes, 44 anos, residente na quadra G casa 5 no Conjunto Irmã Dulce em Parnaíba, foi preso no inicio da tarde da quarta-feira (26), por policiais militares depois de agredir a própria mãe a pauladas.
Segundo informações de vizinhos, o homem tem problemas mentais e é usuário de drogas e em crise de abstinência, teria agredido a própria mãe, a idosa de 74 anos.Com a chegada da policia a idosa, encontrava-se trancada dentro de casa e por conta das agressões sagrava muito, Segundo a idosa ela teria apanhado do próprio filho porque que não deu dinheiro pra ele comprar droga.Policiais tiveram que arrebentar um portão para ter acesso no interior da residencia, o agressor foi preso e encaminhado para a Central de Flagrantes, já a idosa foi encaminhada para o HEDA por uma ambulância do SAMU.Com agressor já dominado pelos policias a única coisa que o idosa implorava... "Não batam nele não, Não batam nele não"


.Por: Gleitowney Miranda/Blog do Pessoa

Veja Outras Matérias Abaixo:

Seja Profissional Indique Á Fonte Correta; :
Plágio é crime,Veja;No campo penal: “Art. 184. Violar direitos de autor e os que lhe são conexos: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, ou multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). § 1o Se a violação consistir em reprodução total ou parcial, com intuito de lucro direto ou indireto, por qualquer meio ou processo, de obra intelectual, interpretação, execução ou fonograma, sem autorização expressa do autor, do artista intérprete ou executante, do produtor, conforme o caso, ou de quem os represente: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - reclusão, de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003)”.Fonte;Portal A Desgraça