Atenção;Este site contém cenas violentas inadequadas para menores de 18 anos e pessoas sensíveis Aqui assuntos policiais são tratados da mais real maneira possível

TENTOU ASSALTAR POLICIAL CIVIL E TERMINOU ARRUMANDO AS MALAS SÓ DE IDA

portal a desgraça | 12:58 |

Na noite desta última quinta-feira (27) uma tentativa de assalto resultou na morte de um bandido e um policial civil baleado no nariz próximo a localidade conhecida como Praça do Trabalhador na Rua 44 do setor Norte Ferroviário em Goiânia. Segundo informações da Polícia Militar, Leandro de Jesus Barroso R. da Cunha estava em seu veículo quando foi surpreendido por um homem que estava com uma arma de fogo em punho e deu voz de assalto. O policial reagiu e atirou no bandido que revidou atingindo o nariz do agente.
O assaltante que ainda não teve sua identidade revelada pelos policiais foi atingido e felizmente morreu no local.
O agente que trabalha como papiloscopista na cidade de Uruaçu (280 km de Goiânia) foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e encaminhado para o Hospital de Urgências de Goiânia (HUGO) e graças a Deus passa bem. De acordo com a PM, o assaltante tinha passagens pela polícia e é conhecido na região por ser traficante de drogas. O corpo do bandido foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML). Plantão Policial
O NOSSO GUERREIRO PASSA BEM,DEVERIA SER CONDECORADO E RECEBER MEDALHAS

Veja Outras Matérias Abaixo:

Seja Profissional Indique Á Fonte Correta; :
Plágio é crime,Veja;No campo penal: “Art. 184. Violar direitos de autor e os que lhe são conexos: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, ou multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). § 1o Se a violação consistir em reprodução total ou parcial, com intuito de lucro direto ou indireto, por qualquer meio ou processo, de obra intelectual, interpretação, execução ou fonograma, sem autorização expressa do autor, do artista intérprete ou executante, do produtor, conforme o caso, ou de quem os represente: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - reclusão, de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003)”.Fonte;Portal A Desgraça