Atenção;Este site contém cenas violentas inadequadas para menores de 18 anos e pessoas sensíveis Aqui assuntos policiais são tratados da mais real maneira possível

CORPO DA ITALIANA ENCONTRADA MORTA EM JERICOACOARA SERÁ LIBERADO NA SEGUNDA FEIRA

FORÇA POLICIAL | 23:14 |

O corpo da italiana Gaia Barbara Molinari, 29, morta no último dia 25, em Jijoca de Jericoacoara, a 287 Km de Fortaleza, vai ser liberado na próxima segunda-feira (29). A informação é do representante do vice-consulado da Itália no Ceará, Roberto Misici.
O vice-consul da Itália na capital disse que as autoridades estão dando toda a assistência para os parentes de Gaia. E que já foram comunicados da morte. "Nós estamos aguardando que o corpo seja encaminhado para Fortaleza. A liberação e o translado deve ocorrer de domingo para segunda-feira. A família não virá. Toda a responsabilidade foi dada a gente e todos os procedimentos vão ser feitos agora", afirmou Roberto Misici.

A Polícia Civil do Estado do Ceará, através da Delegacia de Proteção ao Turista (Deprotur), deteve no fim da tarde desta sexta-feira (26), um suspeito de matar a italiana Gaia Barbara Molinari. De acordo com as Polícias Civil e Militar, o suspeito foi conduzido à Deprotur, juntamente com uma testemunha, e foram ouvidos. Em seguida, o suspeito foi encaminhado à sede da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) em Fortaleza onde passou por exames e foi liberado, por não existir indícios suficientes para a prisão em flagrante.De acordo com o laudo da Polícia Civil, divulgado na tarde de sexta-feira, a turista italiana Gaia Molinari foi morta por estrangulamento. Segundo a polícia, Gaia sofreu vários golpes com objetos cortantes no corpo e no rosto antes de ser asfixiada por estrangulamento. O corpo dela foi encontrado próximo à Pedra Furada, ponto turístico da Praia de Jericoacoara, no litoral do Ceará.
O representante do vice-consulado da Itália no Ceará, Roberto Misici, disse que acompanha todo o processo para o traslado do corpo. "Estamos trabalhando da melhor maneira para que o corpo seja levado logo para a Itália. Mas como é um caso de homicídio, não é um processo muito rápido". O caso ganhou destaque na imprensa italiana, que afirmou que Gaia estava no Brasil para participar de um projeto de ajuda a crianças carentes. Antes de ir para Jericoacoara, a italiana estava hospedada em um albergue, em Fortaleza, desde o dia 16 de dezembro. No alberque Gaia conheceu uma carioca que a convidou para ir a Jericoacoara. De acordo com funcionários do albergue, no local ela deixou alguns objetos pessoais como um computador e o passaporte. Segundo informações da Polícia Militar (PM), o corpo da italiana foi encontrado por outros turistas na área do Serrote e apresentava vários ferimentos pelo corpo.
De acordo com a PM, o rosto da italiana estava perfurado e teve forte sangramento. Patrícia Bezerra afirmou que não há como saber se foi um crime de latrocínio e que qualquer informação precipitada pode prejudicar o andamento das investigações. "Ainda é precipitado falar qualquer coisa sobre a morte da turista italiana. O que a gente sabe é que ela foi encontrada somente de biquíni, com canga e que do lado dela foram encontrados alguns objetos pessoais como bolsa, cópia do passaporte, chicletes e nada de valor", disse a delegada Patrícia Bezerra. Os moradores de Jijoca de Jericoacoara afirmam que a jovem estava em Jericoacoara acompanhada de uma amiga carioca. Ambas deveriam ter deixado a cidade de Jijoca na quarta-feira (24), mas Gaia Molinari não retornou do passeio na véspera do Natal. Ela trabalhava em um hostel em Jijoca de Jericoacoara em troca de hospedagem e viajava por vários países, segundo pessoas que conheceram a vítima. Depoimento da amiga Uma amiga da italiana que estava com Gaia na Praia de Jericoacoara, prestou depoimento na manhã desta sexta-feira (26) para a delegada Patrícia Bezerra na Delegacia de Proteção ao Turista (Deprotur). Ela não quis falar com a imprensa.
Ainda de acordo com a delegada Patrícia Bezerra, Gaia Molinari estava em Jericoacoara com a carioca desde último dia 21 de dezembro e se conheceram em Fortaleza. Patrícia Bezerra acrescentou que a italiana estava hospedada em uma pousada na capital desde o dia 16 de dezembro, mas não soube informar se ela já estava há ais tempo em Fortaleza. Ainda segundo a delegada Patrícia Bezerra, responsável pelas investigações, o Consulado Italiano foi comunicado do homicídio e informou aos familiares da vítima. O corpo da vítima foi localizado na tarde do último dia 25 em uma localidade conhecida como Serrote, na vila de Jijoca de Jericoacoara, e encaminhado à sede da Perícia Forense do Ceará (Pefoce) no município de Sobral. Os exames lá realizados indicaram a causa da morte como asfixia por estrangulamento. Inicialmente, está descartada a hipótese de latrocínio.* Por G1/CE Continue Lendo..

Veja Outras Matérias Abaixo:

Seja Profissional Indique Á Fonte Correta; :
Plágio é crime,Veja;No campo penal: “Art. 184. Violar direitos de autor e os que lhe são conexos: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, ou multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). § 1o Se a violação consistir em reprodução total ou parcial, com intuito de lucro direto ou indireto, por qualquer meio ou processo, de obra intelectual, interpretação, execução ou fonograma, sem autorização expressa do autor, do artista intérprete ou executante, do produtor, conforme o caso, ou de quem os represente: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - reclusão, de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003)”.Fonte;Portal A Desgraça