Atenção;Este site contém cenas violentas inadequadas para menores de 18 anos e pessoas sensíveis Aqui assuntos policiais são tratados da mais real maneira possível

EM IGUATU-CE;HOMEM PULA MURO PRA FAZER SEXO COM UMA ÉGUA E É FLAGRADO PELO O DONO DO ANIMAL

FORÇA POLICIAL | 14:29 |

Duas semanas após um homem ter sido levado à Delegacia Regional de Polícia Civil de Iguatu acusado de abusar de um animal nas proximidades do Parque de Exposição da cidade, outro suposto caso de zoofilia – atração ou envolvimento sexual de humanos com animais – foi registrado no município. O senhor de 64 anos está sendo acusado de tentar abusar sexualmente de uma égua, em uma casa em construção no limite entre os bairros Areias e João Paulo II.
O proprietário do animal disse em entrevista ao Iguatu.Net que teria “acordado cedo como de costume para alimentar os bichos” quando percebeu a falta de dois animais. Ao sair para procurá-los, Antônio Alves afirma ter flagrado o acusado “fazendo atos com a égua dentro de uma casa em construção”. “Fiquei sem acreditar. Peguei uma corda, amarrei no braço dele e o levei para praça do João Paulo, enquanto a polícia chegava”, relata o dono dos equinos. Alves se diz preocupado com o caso e teme que crianças possam ser as próximas vítimas. “Não é a primeira vez que acontece isso aqui no bairro. Se as pessoas fazem isso com os animais, imagine se pegarem uma criança, a gente fica com medo”, acrescenta. Por sua vez, o acusado nega qualquer prática sexual e diz querer “provas”. Quando questionado pela reportagem o que ele estaria fazendo na casa, o acusado justifica. “Eu tenho umas plantações ali perto, realmente estava no local, mas não fiz nada com bicho nenhum. Podem fazer testes em mim, ou na égua. Nem encostei no animal”, se defende Edmílson, de 64 anos. Ambos foram à Delegacia onde prestarão depoimento ao delegado Luiz Gonzaga.Escute a reportagem que foi repercutida na Rádio Liberdade AM:

Veja Outras Matérias Abaixo:

Seja Profissional Indique Á Fonte Correta; :
Plágio é crime,Veja;No campo penal: “Art. 184. Violar direitos de autor e os que lhe são conexos: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, ou multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). § 1o Se a violação consistir em reprodução total ou parcial, com intuito de lucro direto ou indireto, por qualquer meio ou processo, de obra intelectual, interpretação, execução ou fonograma, sem autorização expressa do autor, do artista intérprete ou executante, do produtor, conforme o caso, ou de quem os represente: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - reclusão, de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003)”.Fonte;Portal A Desgraça