Atenção;Este site contém cenas violentas inadequadas para menores de 18 anos e pessoas sensíveis Aqui assuntos policiais são tratados da mais real maneira possível

O DESESPERO DE UMA MULHER QUE LUTA POR JUSTIÇA

FORÇA POLICIAL | 15:47 |

“Dói muito. Meu marido foi morto na minha frente e na frente de meu filho de forma cruel. Porque eles fizeram isso? Não precisava”, desabava a viúva em frente à delegacia de polícia no final da tarde desta quinta-feira, 11.
Rodeada de amigos, familiares e amparada pela mãe, a viúva de Rogério protestava pelo fato do menor apreendido pela polícia civil, que fez parte da quadrilha que invadiu sua casa e matou seu marido, pegar apenas 45 dias de internação em Salvador. Ela também clamou por justiça para que os assassinos de seu marido possam pegar a pena máxima e realmente cumprir suas penas atrás das grades. Depois de cerca de meia hora em frente a delegacia, o grupo saiu pelas principais ruas do centro da cidade clamando por justiça. No final, de volta a delegacia de polícia, o grupo ouviu do delegado Leonardo Almeida, que o menor apreendido será transferido amanhã para Salvador de onde só voltará depois de alcançar a maioridade, o que ocorrerá daqui a dois anos.
Os manifestantes agora aguardam que o inquérito seja enviado a justiça, para que uma nova manifestação ocorra agora em frente ao Fórum da Comarca de LEM.
Fonte:Blog do Sigi Vilares

Veja Outras Matérias Abaixo:

Seja Profissional Indique Á Fonte Correta; :
Plágio é crime,Veja;No campo penal: “Art. 184. Violar direitos de autor e os que lhe são conexos: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, ou multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). § 1o Se a violação consistir em reprodução total ou parcial, com intuito de lucro direto ou indireto, por qualquer meio ou processo, de obra intelectual, interpretação, execução ou fonograma, sem autorização expressa do autor, do artista intérprete ou executante, do produtor, conforme o caso, ou de quem os represente: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - reclusão, de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003)”.Fonte;Portal A Desgraça