Atenção;Este site contém cenas violentas inadequadas para menores de 18 anos e pessoas sensíveis Aqui assuntos policiais são tratados da mais real maneira possível

PROFISSIONAIS DA SAÚDE ENVIAM NOTA DE PESAR AO ENFERMEIRO QUE VEIO A ÓBITO APÓS ACIDENTE EM SOBRAL

FORÇA POLICIAL | 07:02 |

Na tarde deste dia,22/12 o site do Consórcio Público de Saúde publicou uma Nota de Pesar ao companheiro do meio profissional enfermeiro Janielson Temoteo Souza Marciano:O jovem faleceu em um hospital após um acidente de trânsito ocorrido no Centro de Sobral.Veja na integra a nota enviada
Nota de Pesar
É com grande pesar que, comunicamos o falecimento do nosso Enfermeiro Janielson Temoteo Souza Marciano, que era o Enfermeiro responsável pelo setor de Imagens da Policlínica. A Fatalidade se deu na manhã de hoje, quando o mesmo vinha para o trabalho, em um acidente automobilístico. Nós da Policlínica Bernardo Félix da Silva e do Consórcio de Saúde da Microrregião de Sobral estamos de luto por ele, que, pessoalmente, foi exemplo de pessoa de caráter exemplar e índole indiscutível, e, profissionalmente, teve grande dedicação ao trabalho e sempre disposto a contribuir para a melhoria dos trabalhos realizados por esta unidade de saúde. Na oportunidade, prestamos nossas condolências e solidariedade aos familiares e que Deus Conforte a todos.

Veja Outras Matérias Abaixo:

Seja Profissional Indique Á Fonte Correta; :
Plágio é crime,Veja;No campo penal: “Art. 184. Violar direitos de autor e os que lhe são conexos: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, ou multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). § 1o Se a violação consistir em reprodução total ou parcial, com intuito de lucro direto ou indireto, por qualquer meio ou processo, de obra intelectual, interpretação, execução ou fonograma, sem autorização expressa do autor, do artista intérprete ou executante, do produtor, conforme o caso, ou de quem os represente: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - reclusão, de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003)”.Fonte;Portal A Desgraça