Atenção;Este site contém cenas violentas inadequadas para menores de 18 anos e pessoas sensíveis Aqui assuntos policiais são tratados da mais real maneira possível

VIATURA É ATINGIDA POR CARRO NO ACOSTAMENTO E POLICIAL CIVIL MORRE NO LOCAL

FORÇA POLICIAL | 16:41 |

Um policial civil que estava trabalhando na delegacia de Piraquara, na região metropolitana de Curitiba, morreu em um grave acidente na Linha Verde, no Jardim Botânico em Curitiba, na pista sentido São Paulo. A colisão aconteceu por volta das 20h30, no momento em que o policial parou na pista da esquerda da via, com o sinal de alerta ligado, possivelmente devido a uma falha mecânica no carro.

O policial civil identificado como Elias Erasmo Stephan, de 56 anos, tinha acabado de sair do Instituto de Criminalística na capital e retornava para a delegacia de Piraquara, onde iria encerrar o plantão. Parado no meio da pista, com a viatura estragada, Elias foi surpreendido pelo motorista de um Fiesta, completamente desgovernado, que atingiu a traseira do veículo do policial.
De acordo com testemunhas, o homem que dirigia o Fiesta, aparentava estar embriagado e fazia manobras perigosas na pista. “Ele veio dançando na pista e passou pela minha lateral, pela direita, e bateu no Gol parado sem sequer frear. Pode ver que a única freada na pista é a minha. Veio rodopiando lá de trás, em zigue-zague. O Gol estava parado com o pisca alerta ligado. Quando fui ver, o policial no Gol estava desacordado”, afirmou Fábio Amin, uma testemunha, em entrevista à Banda B. Depois do acidente, o motorista causador do acidente foi amparado por outro homem. Os dois fugiram em um Gol, placas ABY 8331 de Curitiba, sentido BR 277.Massagem cardíaca Uma equipe de Siate, do Corpo de Bombeiros esteve no local, retirou Elias de dentro da viatura completamente destruída e tentou salvar o policial. Na ambulância, equipes de socorristas e também o médico de plantão trabalharam sem parar com massagens cardíacas na tentativa de reanimar o policial que entrou em parada cardiorrespiratória. Cerca de 30 minutos depois, Elias morreu dentro da ambulância antes mesmo de ser socorrido para um hospital. O tenente Hunziker, do Corpo de Bombeiros, afirmou que foi feito o possível, mas devido a uma lesão no pescoço o policial não resistiu aos ferimentos e morreu. “Apesar de todas as nossas tentativas de reanimá-lo, ele acabou falecendo. Foi uma lesão na cervical. O carro bateu atrás e não houve o que fazer, infelizmente”, afirmou o tenente. Pai de três filhos Colegas de Elias afirmaram que o policial estava próximo de se aposentar. Conhecido com Turquinho era querido por todos, casado e pai de três filhos. O Centro de Operações Policiais Especiais da Polícia Civil esteve no local e, com as informações repassadas pelas testemunhas, os policiais foram atrás do responsável e do cúmplice do causador do acidente, mas até a madrugada desta terça-feira nenhum haviam sido localizados.
Informações Via Banda B

Veja Outras Matérias Abaixo:

Seja Profissional Indique Á Fonte Correta; :
Plágio é crime,Veja;No campo penal: “Art. 184. Violar direitos de autor e os que lhe são conexos: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, ou multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). § 1o Se a violação consistir em reprodução total ou parcial, com intuito de lucro direto ou indireto, por qualquer meio ou processo, de obra intelectual, interpretação, execução ou fonograma, sem autorização expressa do autor, do artista intérprete ou executante, do produtor, conforme o caso, ou de quem os represente: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - reclusão, de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003)”.Fonte;Portal A Desgraça