Atenção;Este site contém cenas violentas inadequadas para menores de 18 anos e pessoas sensíveis Aqui assuntos policiais são tratados da mais real maneira possível

ASSASSINOS INVADEM CASA E MATAM A TIROS VENDEDOR DE CARNES

FORÇA POLICIAL | 16:05 |

Em sete dias, o município de Penedo já registra quatro homicídios por arma de fogo. O último caso aconteceu na tarde desta quarta-feira (7), por volta das 14h10min, na Rua Arizona, bairro Cohab, próximo ao antigo bar do ‘Bequinha’.
A vítima foi o comerciante de carnes, Mitchel Kennedy Pereira, 34 anos, assassinado ao lado da sua residência, após a invasão dos dois acusados. “Ele estava no interior de sua residência, quando a esposa percebeu que na frente tinha dois homens estranhos. A vítima correu para o quintal e os criminosos pelo oitão da casa. Terminaram por encontrá-lo no quintal, quando ele recebeu os primeiros disparos, passou por uma cerca de arame farpado e caiu na rua. Momento que os dois suspeitos se aproximaram e efetuaram mais disparos”, detalhou o militar, baseado nas informações na esposa de Mitchel. O crime foi pratica por três criminosos usando um Voyage de cor preta, modelo antigo ‘quadrado’ e de placa não foi identificada. Dois desceram para praticar o crime e o terceiro ficou motorista. Uma guarnição do Pelotão de Operações Policiais Especiais (Pelopes), foi acionada para registrar o crime e preservar o local. No interior do imóvel, duas cápsulas de revólver calibre 38 foram encontradas. O que leva a crer, que a arma foi recarregada. Os Institutos de Criminalística (IC) e Médico Legal (IML), foram acionados para periciar a cena do crime e posterior remoção do corpo do comerciante de carnes, Mitchel Kennedy Pereira, 34 anos, para exame de necropsia em Arapiraca. A vítima era casada e deixa uma menina com meses de nascida.


Crédito: Roberto Miranda - aquiacontece.com.br

Veja Outras Matérias Abaixo:

Seja Profissional Indique Á Fonte Correta; :
Plágio é crime,Veja;No campo penal: “Art. 184. Violar direitos de autor e os que lhe são conexos: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, ou multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). § 1o Se a violação consistir em reprodução total ou parcial, com intuito de lucro direto ou indireto, por qualquer meio ou processo, de obra intelectual, interpretação, execução ou fonograma, sem autorização expressa do autor, do artista intérprete ou executante, do produtor, conforme o caso, ou de quem os represente: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - reclusão, de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003)”.Fonte;Portal A Desgraça