Atenção;Este site contém cenas violentas inadequadas para menores de 18 anos e pessoas sensíveis Aqui assuntos policiais são tratados da mais real maneira possível

GAROTO DE 15 ANOS ALEGA QUE MATOU O PAI POR APANHAR ‘TODOS OS DIAS’

FORÇA POLICIAL | 11:35 |

O adolescente de 15 anos, apreendido suspeito de matar o pai e jogar o corpo em uma represa de Guapó, na Região Metropolitana de Goiânia, confessou o crime e afirmou que apanhava da vítima com frequência. “Ele me batia todos os dias. Me mandava fazer as coisas, tipo cercar o gado ou fazer uma cerca. E se eu não fizesse certo, ele me batia bastante”, afirmou.

video
Um laudo feito pelo Instituto Médico Legal (IML) constatou que o menor possui diversas marcas de agressão pelo corpo, algumas antigas. Porém, não é possível determinar ainda se o pai foi realmente o autor das lesões. O homem foi assassinado no último dia 1º, na fazenda onde trabalhava como caseiro e morava com o filho. A partir daí, ele passou a ser tratado como desaparecido e o menor chegou a auxiliar a polícia nas buscas. No entanto, o corpo da vítima foi localizado na represa que fica na propriedade, na última segunda-feira (5). Após matar o pai, segundo o delegado Alexandre Netto Moreira, o menor ainda queimou o colchão com as marcas de sangue, limpou a casa e tentou sumir com outras evidências que pudessem incriminá-lo. Ao ser questionado sobre a ausência do pai pelos donos da fazenda, o menor disse que a vítima tinha se sentido mal durante a noite e saído para procurar ajuda médica. Corpo foi jogado em represa da fazenda em Guapó, Goiás (Foto: Divulgação/Polícia Civil) Corpo foi jogado em represa da fazenda emGuapó, Goiás (Foto: Divulgação/Polícia Civil) O homicídio só foi descoberto quando o corpo boiou na represa. Como o menor foi o último a ver a vítima, a polícia o apreendeu para que fosse ouvido novamente. Em um primeiro momento, de acordo com o delegado, o adolescente negou, mas, ao conversar com um dos seus tios, o suspeito voltou atrás em sua versão e admitiu ter matado o pai. Dentro da casa em eles viviam, os policiais encontraram a espingarda e um cartucho que teriam sido usados no crime. Para o delegado, o que mais chamou a atenção no caso é a maneira como o adolescente agiu. “O que é mais perturbador é a frieza com a qual ele se portou e o fato dele ter auxiliado nas buscas pelo pai, mesmo sabendo que ele estava morto”, disse. Alexandre disse que o adolescente segue na delegacia e que o caso será remetido à Justiça, para que o destino do garoto seja definido. Família abalada Uma tia do menor e irmã da vítima, que não quis se identificar, diz que a família está abalada com o crime. “Minhas irmãs ligaram e falaram que ele estava desaparecido. Depois que cheguei foi que soube que ele matou o pai. É muito triste, muito mesmo, a gente não tem o que falar”, disse. O adolescente morava com a mãe na cidade de Formoso do Araguaia, no Tocantins, e mudou para Goiás há seis meses, onde passou a viver com o pai.Fonte;Do G1 GO, com informações da TV Anhanguera

Veja Outras Matérias Abaixo:

Seja Profissional Indique Á Fonte Correta; :
Plágio é crime,Veja;No campo penal: “Art. 184. Violar direitos de autor e os que lhe são conexos: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, ou multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). § 1o Se a violação consistir em reprodução total ou parcial, com intuito de lucro direto ou indireto, por qualquer meio ou processo, de obra intelectual, interpretação, execução ou fonograma, sem autorização expressa do autor, do artista intérprete ou executante, do produtor, conforme o caso, ou de quem os represente: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - reclusão, de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003)”.Fonte;Portal A Desgraça