Atenção;Este site contém cenas violentas inadequadas para menores de 18 anos e pessoas sensíveis Aqui assuntos policiais são tratados da mais real maneira possível

HOMEM ATIRA NA EX-COMPANHEIRA, NA MÃE DELA E MATA PADRASTO DA MOÇA

FORÇA POLICIAL | 12:15 |

Um homem identificado como Raolino chegou à rua Pedrinho Bezerra procurando pela ex-companheira, na noite desta quinta-feira (9), e de arma na mão e enfurecido por não aceitar o fim do relacionamento atirou na jovem e, em seguida, na mãe da moça.

O padrasto de Aline tentou proteger a família, mas foi baleado no peito e morreu. A ocorrência foi registrada na comunidade Barreiros, no bairro de Felipe Camarão, por volta das 23h. Raolino estava no carro emprestado de um amigo e, após praticar o crime, fugiu sem levar o veículo. O cabo Lopes, do 9° Batalhão da Polícia Militar, informou que a jovem Aline Costa de Olviera, de 21 anos, foi baleada na coluna. Ela foi socorrida por ume equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência e corre o risco de ficar paraplégica. Já a mãe de Aline, a senhora Maria de Fátima, foi baleada no braço. O padrasto de Aline, que foi atingido no peito e morreu em via pública, foi identificado como Tiago Henrique da Costa, de 26 anos. Durante toda a noite, policiais realizaram diligências para tentar prender Raolino, mas ele não foi localizado.Fotos e Fonte: Sérgio Costa / Portal BO

Veja Outras Matérias Abaixo:

Seja Profissional Indique Á Fonte Correta; :
Plágio é crime,Veja;No campo penal: “Art. 184. Violar direitos de autor e os que lhe são conexos: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, ou multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). § 1o Se a violação consistir em reprodução total ou parcial, com intuito de lucro direto ou indireto, por qualquer meio ou processo, de obra intelectual, interpretação, execução ou fonograma, sem autorização expressa do autor, do artista intérprete ou executante, do produtor, conforme o caso, ou de quem os represente: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - reclusão, de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003)”.Fonte;Portal A Desgraça