Atenção;Este site contém cenas violentas inadequadas para menores de 18 anos e pessoas sensíveis Aqui assuntos policiais são tratados da mais real maneira possível

HOMEM PERSEGUE E MATA CROCODILO QUE COMEU SUA ESPOSA GRÁVIDA

FORÇA POLICIAL | 16:41 |

Um pescador enfurecido demonstrou sua raiva após perder a esposa. Ele perseguiu e matou um crocodilo que havia comido sua mulher.
O incidente incomum ocorreu em Lake Kyogain, na Uganda. Segundo informações, Mubalak Batambuze passou quase dois meses perseguindo o réptil que havia atacado sua esposa, Dementilia Nabwire. A mulher estava grávida de dois meses. Segundo informações, o homem matou o animal que media nada menos do que 7 metros. Agentes encontraram ossos e roupas humanas no estômago do réptil morto. “Acreditamos que este era o mesmo animal que matou a mulher”, contou Peter Ogwang. Inconformado com a morte da mulher e do filho, Mubarak Batambuze gastou toda sua fortuna para criar uma lança afiada o suficiente para conseguir matar o réptil de mais de mil quilos. Com a ajuda de outros pescadores, ele conseguiu atrair o animal para a beira do rio e o atacou. Demeteriya Nabwire saiu de casa para buscar lenha e nunca mais voltou. A equipe de busca ficou horrorizada depois de encontrar os chinelos da mulher grávida, além de dedos dos pés mutilados e seu celular. Além dela, outras cinco pessoas já haviam sido mortas e devoradas pelo animal ao longo de um ano. Apesar do ato de vingança e da consideração da apavorada vila de Kibuye, o pescador não conseguiu receber indenização pela morte de Demeteriya. Os ataques de crocodilos a humanos tem aumentado na região por conta da pesca.

Fonte;newvision

Veja Outras Matérias Abaixo:

Seja Profissional Indique Á Fonte Correta; :
Plágio é crime,Veja;No campo penal: “Art. 184. Violar direitos de autor e os que lhe são conexos: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, ou multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). § 1o Se a violação consistir em reprodução total ou parcial, com intuito de lucro direto ou indireto, por qualquer meio ou processo, de obra intelectual, interpretação, execução ou fonograma, sem autorização expressa do autor, do artista intérprete ou executante, do produtor, conforme o caso, ou de quem os represente: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - reclusão, de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003)”.Fonte;Portal A Desgraça