Atenção;Este site contém cenas violentas inadequadas para menores de 18 anos e pessoas sensíveis Aqui assuntos policiais são tratados da mais real maneira possível

MEIO AMBIENTE > Derrubada de árvores causa polêmica e protestos em Senador Pompeu

FORÇA POLICIAL | 12:20 |

Senador Pompeu Dois ambientalistas, o engenheiro agrônomo Deodato Aquino e o radialista Walter Lima, atraíram a atenção de quem passava nesta terça-feira, 20, pelo Centro de Senador Pompeu, uma pequena cidade do Centro do Ceará.
Indignados com a derrubada de 12 árvores, segundo eles, centenárias, nesta madrugada, no entorno do mercado público, protestaram contra o ato praticado por servidores da Prefeitura. Eles ainda evitaram a retirada da última árvore derrubada. Foi a forma encontrada para repudiar o ato, o qual classificaram como crime ambiental. Por esse motivo, com o apoio das vereadoras Lúcia Aquino e Márcia Zomim, as quais também estiveram no local da derrubada das árvores, eles pretendem ingressar junto ao Ministério Público contra a administração municipal. As vereadoras também deverão recorrer à Justiça contra a medida adotada pela Prefeitura. Parte da população resolveu apoiar o protesto. O Centro de Defesa dos Direitos Humanos Antônio Conselheiro (CDDH-AC) também se pronunciou a respeito. Na avaliação do CDDH-AC a população deveria e deve se mobilizar contra atos tão absurdos, pois segundo a legislação municipal, cortar árvores sem o devido processo e justificativa, constitui-se um crime. Embora os violadores sabedores da morosidade da Justiça e das “brechas” jurídicas que os beneficiam, a vontade popular sendo expressiva, pode conter os desmandos de uma administração desconectada com os preceitos de proteção e conservação do meio ambiente. A reportagem do Diário do Nordeste procurou manter contato com a administração municipal para se manifestar acerca da situação, os motivos para a derrubada de todas as árvores do entorno do mercado. Todavia, até a publicação desta edição o telefone disponível não atendia. Apenas populares informaram que o procedimento foi realizado porque querem construir uma praça e quiosques no lugar, completando a obra do mercado, iniciada há cerca de seis anos, mas ainda não concluída.


Diário Sertão Central Fotos > Josean Ramos
Veja o vídeo do nosso nobre amigo Radialista Walter Lima

Veja Outras Matérias Abaixo:

Seja Profissional Indique Á Fonte Correta; :
Plágio é crime,Veja;No campo penal: “Art. 184. Violar direitos de autor e os que lhe são conexos: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, ou multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). § 1o Se a violação consistir em reprodução total ou parcial, com intuito de lucro direto ou indireto, por qualquer meio ou processo, de obra intelectual, interpretação, execução ou fonograma, sem autorização expressa do autor, do artista intérprete ou executante, do produtor, conforme o caso, ou de quem os represente: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - reclusão, de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003)”.Fonte;Portal A Desgraça