Atenção;Este site contém cenas violentas inadequadas para menores de 18 anos e pessoas sensíveis Aqui assuntos policiais são tratados da mais real maneira possível

PADRASTO AGRIDE ENTEADO COM VÁRIAS CHINELADAS NAS COSTAS E TERMINA PRESO

FORÇA POLICIAL | 17:06 |

No início da tarde deste domingo, 11 de janeiro de 2015, policiais da 24ª CIPM apresentaram na delegacia de Jacobina a pessoa de: Joselito de Jesus Pereira, 35 anos, acusado de ter agredido fisicamente a criança de iniciais E.V.S., de 11 anos.
Segundo informações, Joselito chegou em sua residência com sinais de embriaguez e perguntou para sua esposa Elizete de Jesus Lopes (39) pelo seu enteado, recebendo a informação que a criança estava brincando na rua. Joselito não teria gostado e quando a criança chegou em casa, passou a agredi-lo, deixando-o com vários hematomas nas costas. Ainda de acordo com informações, Joselito agride constantemente sua companheira.
Ao receber a informação da agressão, uma guarnição composta pelos SD's Geison e Josafá em uma ação rápida conseguiram prender Joselito, que foi conduzido a Depol de Jacobina, sendo apresentado ao delegado plantonista Dr Damião Lacerda. De acordo com a delegacia, a criança foi atingida diversas vezes nas costas por uma sandália. O Joselito foi denunciado pelo tio da criança e preso pela polícia quando estava em um bar da região. A comunidade vinha cobrando constantemente mais segurança e os SD's Geison e Josafá vem prestando um excelente trabalho à frente da Polícia Militar no distrito do Junco. Fonte: Augusto Urgente!

Veja Outras Matérias Abaixo:

Seja Profissional Indique Á Fonte Correta; :
Plágio é crime,Veja;No campo penal: “Art. 184. Violar direitos de autor e os que lhe são conexos: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, ou multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). § 1o Se a violação consistir em reprodução total ou parcial, com intuito de lucro direto ou indireto, por qualquer meio ou processo, de obra intelectual, interpretação, execução ou fonograma, sem autorização expressa do autor, do artista intérprete ou executante, do produtor, conforme o caso, ou de quem os represente: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - reclusão, de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003)”.Fonte;Portal A Desgraça