Atenção;Este site contém cenas violentas inadequadas para menores de 18 anos e pessoas sensíveis Aqui assuntos policiais são tratados da mais real maneira possível

SEM PENA E SEM DÓ;MÃE E FILHO ASSASSINADOS

FORÇA POLICIAL | 08:04 |

Um adolescente de 17 anos e sua Mãe, foram mortos a tiros nesta quarta-feira (21), em Lauro de Freitas. O padrasto do garoto também ficou ferido. O crime nesta manhã de Quarta-feira (21), no bairro de Areia Branca, na localidade do Beco do Fuxico.

De acordo com informações da 81ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Itinga), o adolescente, identificado pelo prenome Iago, era envolvido com o tráfico de drogas da região e era suspeito de matar uma jovem há cerca de 90 dias. O irmão mais novo dele também teria envolvimento com este crime. A ação que aconteceu na madrugada levou um grupo de criminosos a invadir a casa da família de Iago, em busca do adolescente, e do seu irmão, um rapaz de 16 anos. Uma vez no local, os criminosos atiraram diversas vezes contra o adolescente, que também foi decapitado e morreu no local. Ao perceberem a ausência do irmão, por vingança o grupo atirou na mãe e no padrasto de Iago. Segundo a Central de Polícia, a vítima, identificada como Aleonice Santos de Souza, 33 anos, estava grávida. Nem ela nem o bebê resistiram aos ferimentos. Já o padrasto do rapaz foi baleado, mas conseguiu fugir e foi socorrido para o Hospital Menandro de Farias, onde segue internado na manhã desta quarta-feira (21). Os autores do crime ainda não foram identificados pela polícia, que inicialmente suspeita que o homicídio foi motivado por um rixa entre gangues rivais de traficantes. O caso será investigado pela 27ª Delegacia Territorial (DT/Itinga). Os corpos das vítimas foram encaminhados para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Salvador, onde devem passar por perícia.Autor das Fotos e Fonte Da Publicação Vermelhinho

Veja Outras Matérias Abaixo:

Seja Profissional Indique Á Fonte Correta; :
Plágio é crime,Veja;No campo penal: “Art. 184. Violar direitos de autor e os que lhe são conexos: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, ou multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). § 1o Se a violação consistir em reprodução total ou parcial, com intuito de lucro direto ou indireto, por qualquer meio ou processo, de obra intelectual, interpretação, execução ou fonograma, sem autorização expressa do autor, do artista intérprete ou executante, do produtor, conforme o caso, ou de quem os represente: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - reclusão, de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003)”.Fonte;Portal A Desgraça