Atenção;Este site contém cenas violentas inadequadas para menores de 18 anos e pessoas sensíveis Aqui assuntos policiais são tratados da mais real maneira possível

VEJA VÍDEO:PAI TEM ATAQUE DE FURIA E INVADE COM CARRO UNIDADE DE PRONTO ATENDIMENTO

FORÇA POLICIAL | 16:01 |

Imagens gravadas por câmeras de segurança mostram o carro atingindo a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) em Campo Belo (MG), na noite desta terça-feira (30). Em um 'ataque de fúria', o motorista invadiu a UPA com o carro e causou estragos na recepção da unidade.
De acordo com funcionários do local, o homem não teria gostado de ser proibido de entrar na sala onde o filho dele era atendido e invadiu a unidade com o veículo. Ele estaria com sinais de embriaguez.Toda a ação foi gravada pelas câmeras de vigilância da UPA. Primeiro o motorista ameaça entrar com o carro. Em seguida ele acelera e invade a sala de espera, quebra a porta de vidro, derruba os bancos e bate no balcão. O único segurança da unidade de saúde ainda tenta conversar com o homem, que de repente dá marcha à ré e na sequência bate na parede e mais uma vez invade a sala. Os funcionários da unidade de saúde não foram autorizados a dar entrevista, mas disseram que o motorista queria ver o filho que recebia atendimento médico. Ele estava na companhia da esposa dele, mas foi impedido de entrar porque apresentava sinais de embriaguez, segundo os funcionários, e por isso se revoltou invadindo a UPA com o próprio carro. Ele foi preso em flagrante por dano ao patrimônio público, desacato à autoridade e resistência à prisão. Ninguém ficou ferido. De acordo com a Polícia Civil, o motorista continua preso na cadeia de Campo Belo e deve responder também por embriaguez ao volante. Nesta quarta-feira (30) o atendimento na UPA foi normal, mas o balcão e a parede tinham marcas da invasão e a porta de vidro ainda não havia sido substituída.

Veja Outras Matérias Abaixo:

Seja Profissional Indique Á Fonte Correta; :
Plágio é crime,Veja;No campo penal: “Art. 184. Violar direitos de autor e os que lhe são conexos: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, ou multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). § 1o Se a violação consistir em reprodução total ou parcial, com intuito de lucro direto ou indireto, por qualquer meio ou processo, de obra intelectual, interpretação, execução ou fonograma, sem autorização expressa do autor, do artista intérprete ou executante, do produtor, conforme o caso, ou de quem os represente: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - reclusão, de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003)”.Fonte;Portal A Desgraça