Atenção;Este site contém cenas violentas inadequadas para menores de 18 anos e pessoas sensíveis Aqui assuntos policiais são tratados da mais real maneira possível

GAROTO QUE NASCEU CEGO EMOCIONA O BRASIL AJUDANDO A MÃE NAS TAREFAS DE CASA

FORÇA POLICIAL | 18:22 |

Esta semana vimos a trágica história de uma mãe que lançou o filho contra a parede e o escondeu morto em um sofá. Isto revoltou muitos brasileiros. Mas hoje gostaríamos de compartilhar com você a história do pequeno Miguel.
Quando Josyane Almeida descobriu que o filho havia nascido sem a visão se entristeceu de imaginar as limitações que seu pequeno teria de enfrentar na vida. Mas após o primeiro impacto da notícia resolveu ajudar o filho a lutar e conseguir "ver" o mundo de outra forma: com as mãos. Através de pequenas tarefas Josyane busca fazer com que o filho não note a deficiência e busca tratar tudo com muita naturalidade. Recentemente ela postou um vídeo no Facebook mostrando a determinação de seu filho ao buscar uma panela na casa da avó. O vídeo mexeu com o coração de tantas pessoas que um valor arrecadado entre internautas de R$ 10 mil permitiu inclusive a melhorar o acesso do pequeno até a casa da avó. Veja e se emocione com essa relação bonita entre uma mãe que ama seu filho e um filho que ama a vida que passa a conhecer através da mãe.
Indo na casa da vovó! Miguel. por cristinasouza692

Veja Outras Matérias Abaixo:

Seja Profissional Indique Á Fonte Correta; :
Plágio é crime,Veja;No campo penal: “Art. 184. Violar direitos de autor e os que lhe são conexos: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, ou multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). § 1o Se a violação consistir em reprodução total ou parcial, com intuito de lucro direto ou indireto, por qualquer meio ou processo, de obra intelectual, interpretação, execução ou fonograma, sem autorização expressa do autor, do artista intérprete ou executante, do produtor, conforme o caso, ou de quem os represente: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - reclusão, de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003)”.Fonte;Portal A Desgraça