Atenção;Este site contém cenas violentas inadequadas para menores de 18 anos e pessoas sensíveis Aqui assuntos policiais são tratados da mais real maneira possível

MARIDO FEZ DA CARA DA ESPOSA UM PANDEIRO

FORÇA POLICIAL | 14:58 |

Mariza Santos Almeida, 24 anos, residente à Rua São Boaventura, no distrito de Leoventura, foi brutalmente espancada pelo seu companheiro, Cássio Antunes dos Santos, 41 anos, com quem vive maritalmente há 1 ano e seis meses.
A vítima disse à reportagem que o homem lhe espancou a socos e ponta pés, além de ter tentado lhe atropelar com uma motocicleta. Mariza disse que a principal motivação do marido ter lhe agredido foi o ciume. Ela informou que estava com o marido na inauguração de um bar e quando foi o momento de irem para casa, o marido foi na frente e ela preferiu ficar mais um pouco. Momentos depois, a filha do marido, também foi, mas ela não percebeu. Como ficou mais um pouco no bar, o marido veio procurá-la. Deus se início a uma discussão e neste momento, o marido enfurecido, tentou atropelar a companheira com uma motocicleta, além de desferir vários safanões pelo corpo, atingindo principalmente cabeça e rosto. A mulher exibe as marcas da violência para a reportagem, enquanto o marido está respondendo foi preso e enquadrada na Lei 11.340, denominada Maria da Penha, que defende os direito das mulheres. Texto: Agnado Santos

Veja Outras Matérias Abaixo:

Seja Profissional Indique Á Fonte Correta; :
Plágio é crime,Veja;No campo penal: “Art. 184. Violar direitos de autor e os que lhe são conexos: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, ou multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). § 1o Se a violação consistir em reprodução total ou parcial, com intuito de lucro direto ou indireto, por qualquer meio ou processo, de obra intelectual, interpretação, execução ou fonograma, sem autorização expressa do autor, do artista intérprete ou executante, do produtor, conforme o caso, ou de quem os represente: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - reclusão, de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003)”.Fonte;Portal A Desgraça