Atenção;Este site contém cenas violentas inadequadas para menores de 18 anos e pessoas sensíveis Aqui assuntos policiais são tratados da mais real maneira possível

MORRE ANÃO QUE FAZIA PARTE DA BANDA DO CANTOR MANO WALTER

FORÇA POLICIAL | 13:06 |

O integrante da banda do cantor Mano Walter, identificado como Carlinhos Anão, morreu na madrugada desta terça-feira, dia 26, no município de União dos Palmares, a 83 quilômetros da capital alagoana. Carlinhos Anão teria morrido em decorrência da ingestão de álcool.

A informação sobre a morte do integrante da banda foi confirmada pela assessoria de Mano Walter, que ainda avalia se o show agendado para hoje (26), numa boate em Maceió, será mantido pelo cantor. O empresário de Mano Walter segue para a capital alagoana. Carlinhos era personagem de destaque no show do cantor, com performances com uma sanfona e interagindo com o público.
De acordo com a Delegacia Regional de União dos Palmares, a vítima foi vista por uma irmã ingerindo álcool na companhia de amigos e começou a passar mal, sendo levado para o hospital do município, onde foi medicado e posteriormente liberado. Horas mais tarde, já durante a madrugada, o artista voltou a passar mal e foi encontrado já sem vida pela irmã.
O corpo será encaminhado ao Instituto Médico Legal Estácio de Lima, em Maceió, onde será submetido à necropsia e posteriormente será liberado para sepultamento.

Veja Outras Matérias Abaixo:

Seja Profissional Indique Á Fonte Correta; :
Plágio é crime,Veja;No campo penal: “Art. 184. Violar direitos de autor e os que lhe são conexos: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, ou multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). § 1o Se a violação consistir em reprodução total ou parcial, com intuito de lucro direto ou indireto, por qualquer meio ou processo, de obra intelectual, interpretação, execução ou fonograma, sem autorização expressa do autor, do artista intérprete ou executante, do produtor, conforme o caso, ou de quem os represente: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - reclusão, de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003)”.Fonte;Portal A Desgraça