Atenção;Este site contém cenas violentas inadequadas para menores de 18 anos e pessoas sensíveis Aqui assuntos policiais são tratados da mais real maneira possível

ACUSADO DE MATAR MULHER EM VALENÇA É PRESO NO CEARÁ QUANDO IA PARA IGREJA

FORÇA POLICIAL | 08:59 |

O preso será recambiado para de Maracanaú-CE para Valença-PI e colocado à disposição da Justiça Criminal local
A Polícia Civil do Estado do Piauí, através da 7ª Delegacia Regional de Valença do Piauí e do Núcleo de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública, com o apoio de Policiais Civis da Divisão de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) de Fortaleza – CE realizou na noite de quarta-feira (17), a prisão de Adão de Sousa Silva, que teve sua prisão decretada em face de ter praticado crime de homicídio contra Adilça Gomes da Silva de 53 anos em Abril deste ano no bairro Barrinha no município de Valença onde residia.
Após seis meses de investigações com várias diligências realizadas, informações anônimas colhidas em Valença apontaram que vendedor ambulante, Adão de Sousa silva de 35 anos, poderia estar residindo na cidade de Maracanaú-CE. De imediato, policiais da Delegacia Regional de Valença e do Núcleo de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública do Estado do Piauí, com o apoio da DHPP de Fortaleza-CE deslocaram-se para a cidade Maracanaú e localizaram Adão e o prenderam quando o mesmo saía de sua residência para ir a uma igreja. Após a prisão, e dando continuidade ao trabalho, os Policiais localizaram dentro da casa de ADÃO uma Pistola 635, possivelmente a arma utilizada no homicídio. O preso será recambiado para de Maracanaú-CE para Valença-PI e colocado à disposição da Justiça Criminal local. O Delegado Maycon Braga Informou que haverá entrevista coletiva a ser marcada para maiores esclarecimentos sobre o caso.
Fonte;Valença Online

Veja Outras Matérias Abaixo:

Seja Profissional Indique Á Fonte Correta; :
Plágio é crime,Veja;No campo penal: “Art. 184. Violar direitos de autor e os que lhe são conexos: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, ou multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). § 1o Se a violação consistir em reprodução total ou parcial, com intuito de lucro direto ou indireto, por qualquer meio ou processo, de obra intelectual, interpretação, execução ou fonograma, sem autorização expressa do autor, do artista intérprete ou executante, do produtor, conforme o caso, ou de quem os represente: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - reclusão, de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003)”.Fonte;Portal A Desgraça