Atenção;Este site contém cenas violentas inadequadas para menores de 18 anos e pessoas sensíveis Aqui assuntos policiais são tratados da mais real maneira possível

CONHEÇA A HISTÓRIA DO MENINO DE 8 ANOS COM 8 MEMBROS

FORÇA POLICIAL | 17:26 |

Quando Deepak Kumar Paswan nasceu com um gêmeo siamês crescendo em seu peito, os médicos alertaram que ele não viveria mais alguns dias. Incrivelmente, ele sobreviveu e, apesar de ter sete membros, ele parece perfeitamente saudável hoje.

Mas enquanto ele é adorado como um deus por alguns em sua aldeia, o trágico garoto de oito anos morre de medo de sair sozinho depois de ser atacado por uma multidão enfurecida, temendo que ele traz má sorte. E agora ele está desesperado por uma cirurgia para remover seu irmão gêmeo morto para que ele possa começar a viver uma vida normal. "É triste a forma como ele é tratado. Ele sofreu toda sua vida. Tudo que Deepak quer fazer é correr para dentro e se esconder. Queremos apenas arrecadar dinheiro suficiente para ele ter uma operação para remover seu irmão gêmeo para que ele possa viver uma vida normal" diz o pai, Veeresh Deepak, com tristeza. Incrivelmente, quando Indu, a mãe de Deepak, estava grávida com ele, ela não tinha idéia que ele nasceria tão deformado. Os médicos acreditam que o gêmeos idênticos de Deepak não separou-se dele dentro do ventre de sua mãe, deixando-o com as duas pernas completamente formadas e um braço atrofiado, deformado crescendo em seu peito. "Eu não posso me deitar de bruços, correr ou fazer qualquer coisa onde eu poderia cair". Todo o tempo ele pode sentir as sensações dos membros - e às vezes eles se contorcem com espasmos pequenos - mas eles não se movem por conta própria e ele não pode controlá-los. Ele é um filho único e vai para a escola todos os dias, mas é hostilizado por outras crianças, que agarram seus membros extras e os beliscam.

Veja Outras Matérias Abaixo:

Seja Profissional Indique Á Fonte Correta; :
Plágio é crime,Veja;No campo penal: “Art. 184. Violar direitos de autor e os que lhe são conexos: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, ou multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). § 1o Se a violação consistir em reprodução total ou parcial, com intuito de lucro direto ou indireto, por qualquer meio ou processo, de obra intelectual, interpretação, execução ou fonograma, sem autorização expressa do autor, do artista intérprete ou executante, do produtor, conforme o caso, ou de quem os represente: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - reclusão, de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003)”.Fonte;Portal A Desgraça