Atenção;Este site contém cenas violentas inadequadas para menores de 18 anos e pessoas sensíveis Aqui assuntos policiais são tratados da mais real maneira possível

DERRUBARAM O PIVETE COM NOVE TIROS

FORÇA POLICIAL | 08:56 |

No fim da tarde desta terça-feira, 02 de setembro, a Central da Polícia Militar de Teixeira de Freitas, recebeu uma informação de que um jovem estava morto dentro de uma casa. Uma guarnição da 1º CIA se dirigiu até a Rua da Penha, no n° 649, onde seguiu um corredor que possui diversos quartos de aluguel, e em um deles comprovaram a veracidade dos fatos.

Os militares encontram um jovem cravado de balas.Trata-se de V. B.C, 16 anos de idade. As primeiras informações dão conta de que ele era morador do Bairro Redenção. Segundo moradores, ele é conhecido como “Vassoura”. Ainda segundo relatos, dois ou três homens a bordo de duas bicicletas, entraram no local, e após poucos segundos se ouviu diversos disparos.
Ainda segundo moradores, havia poucos dias que Vinicius teria se mudado para o local.A polícia acredita que ele possivelmente estaria fugindo de alguém. Uma equipe do SILC, liderada pelo delegado, Júlio Telles, esteve no local, juntamente com os peritos do Departamento de Policia Técnica, Paulo Libório e Sandro de Abreu. Durante a perícia de local de ação violenta (homicídio), o perito Liborio informou que o Vinicius foi alvejado por 09 (nove) disparos de arma de fogo calibre 380. “A vítima foi atingida por 01 tiro no pescoço, 01 na cabeça, 03 no tórax, 02 no abdômen, 01 braço direito e 01 no cotovelo”, disse o perito. Após a perícia, o corpo de Vinicius foi removido ao IML de Teixeira de Freitas para exames de praxe, onde aguarda liberação, já que nenhum familiar foi encontrado no local. O delegado Júlio Telles instaurou inquérito policial para investigar motivação e autoria do crime.
Por: Rafael Vedra/Liberdadenews

Veja Outras Matérias Abaixo:

Seja Profissional Indique Á Fonte Correta; :
Plágio é crime,Veja;No campo penal: “Art. 184. Violar direitos de autor e os que lhe são conexos: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, ou multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). § 1o Se a violação consistir em reprodução total ou parcial, com intuito de lucro direto ou indireto, por qualquer meio ou processo, de obra intelectual, interpretação, execução ou fonograma, sem autorização expressa do autor, do artista intérprete ou executante, do produtor, conforme o caso, ou de quem os represente: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - reclusão, de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003)”.Fonte;Portal A Desgraça