Atenção;Este site contém cenas violentas inadequadas para menores de 18 anos e pessoas sensíveis Aqui assuntos policiais são tratados da mais real maneira possível

EM VARJOTA CE:HOMEM MATA CUNHADO Á TIROS EM PLENA LUZ DO DIA

FORÇA POLICIAL | 20:08 |

O homicídio ocorreu na tarde deste domingo (06.09.14), por volta das 17h00, na chamada rua do Papoco, no bairro Acampamento, em Varjota. Segundo a Polícia Militar varjotense, a vítima foi Daniel Ribeiro do Nascimento, dn 20.07.78, residente na citada rua.
De acordo com a PM, o acusado é Antonio Olíver, conhecido como Toinho Mototáxi, que seria vigia de um estabelecimento comercial do ramo de auto peças, no mesmo bairro. Conforme o sargento B Sousa, acusado e vítima estavam ingerindo bebida alcoólica, quando se desentederam e teria trocado socos. Toinho teria saído, provavelmente para pegar uma arma e, ao voltar, atirou na vítima, que veio a falacer no local. Segundo as informações preliminares, teria sido apenas um tiro nas proximidades da face. Ao tomar conhecimento do caso, a PM e a Secretaria Municipal de Segurança, através da Guarda Municipal e Pró-Cidadania se dirigiram ao local, onde os Guardas e os Agentes de Cidadania permaneceram, enquanto os policiais já passaram a realizar diligências, na tentativa de prender o autor do crime, que até o momento não foi localizado. A Perícia compareceu ao local, onde o rabecão conduziu o corpo para o IML de Sobral. Autor e vítima seriam cunhados. A esposa da vítima estaria no hospital dar à luz.
Fonte: RobertoLiraNotícias (Última Foto;varjota em Alerta)

Veja Outras Matérias Abaixo:

Seja Profissional Indique Á Fonte Correta; :
Plágio é crime,Veja;No campo penal: “Art. 184. Violar direitos de autor e os que lhe são conexos: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, ou multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). § 1o Se a violação consistir em reprodução total ou parcial, com intuito de lucro direto ou indireto, por qualquer meio ou processo, de obra intelectual, interpretação, execução ou fonograma, sem autorização expressa do autor, do artista intérprete ou executante, do produtor, conforme o caso, ou de quem os represente: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - reclusão, de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003)”.Fonte;Portal A Desgraça