Atenção;Este site contém cenas violentas inadequadas para menores de 18 anos e pessoas sensíveis Aqui assuntos policiais são tratados da mais real maneira possível

ELEITOR TACA FOGO EM URNA ELETRÔNICA

FORÇA POLICIAL | 17:09 |

Um homem de 42 anos foi preso por atear fogo em uma urna eletrônica na seção eleitoral em que vota, na Escola Estadual Miguel José da Cunha, em Porteirinha, no Norte de Minas Gerais. O crime foi por volta das 10 horas, neste domingo (26).
Segundo informações da Polícia Militar, João Milton Pereira entrou na seção com um garrafinha de refrigerante, contendo gasolina, e ateou fogo na urna. Ainda segundo a polícia, ele já havia colocado fogo na sala de espera da agência da delegacia do INSS de Porteirinha, em 2013. De acordo om informações da assessoria de comunicação do Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais, 67 pessoas já haviam votado na urna. A mídia onde os dados ficam armazenados não sofreram danos, foi retirada e imediatamente colocada em outra urna. A votação continua normalmente. Ainda segundo o TRE, o homem que ateou fogo na urna pode responder pelo crime de ´´promover desordem que prejudique trabalhos eleitorais", com detenção de até dois meses e pagamento de multa. Ele foi preso em flagrante. Fonte: G1 MG

Veja Outras Matérias Abaixo:

Seja Profissional Indique Á Fonte Correta; :
Plágio é crime,Veja;No campo penal: “Art. 184. Violar direitos de autor e os que lhe são conexos: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, ou multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). § 1o Se a violação consistir em reprodução total ou parcial, com intuito de lucro direto ou indireto, por qualquer meio ou processo, de obra intelectual, interpretação, execução ou fonograma, sem autorização expressa do autor, do artista intérprete ou executante, do produtor, conforme o caso, ou de quem os represente: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - reclusão, de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003)”.Fonte;Portal A Desgraça