Atenção;Este site contém cenas violentas inadequadas para menores de 18 anos e pessoas sensíveis Aqui assuntos policiais são tratados da mais real maneira possível

Mulher é atingida por tiros dentro de casa e depois arrastada pelos cabelos por marginais em Goiânia

FORÇA POLICIAL | 06:44 |

Na manhã desta quinta-feira (16) uma mulher foi encontrada morta em uma rua do Residencial Campos Dourados em Goiânia. Segundo relatos da mãe da vítima, a filha teria sido raptada por dois homens em sua residência no Jardim das Esmeraldas na grande capital.
De acordo com a Polícia Militar (PM), a vítima identificada como Poliana Duarte de Paula de 27 anos estava em sua residência quando um indivíduo identificado apenas como Thiago invadiu a casa com uma arma em punho e fez ameaças de morte contra Poliana.
A mãe da vítima, Jesilene Duarte da Silva de 44 anos chegou no momento em que ela pedia para o indivíduo que não a matasse. Jesilene ficou entre o autor e a filha foi quando durante a confusão a mulher deu um empurrão no indivíduo que acabou derrubando a arma no chão.
Em seguida o homem teria pegado a arma e efetuado um disparo que acertou de raspão a testa de Jesilene. O outro comparsa que esperava do lado de fora em um veículo chegou e atirou na cabeça e no abdômen de Poliana e mesmo ferida os marginais a levaram pelos cabelos até o carro fugindo em seguida. Seu corpo foi encontrado em seguida em uma rua deserta do Residencial Campos Dourados. Segundo informações, a vítima é ex usuária de drogas. Até o fechamento desta matéria os suspeitos não foram localizados, a Polícia Civil está investigando o caso. Repórter Cidades / Plantão Policial

Veja Outras Matérias Abaixo:

Seja Profissional Indique Á Fonte Correta; :
Plágio é crime,Veja;No campo penal: “Art. 184. Violar direitos de autor e os que lhe são conexos: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, ou multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). § 1o Se a violação consistir em reprodução total ou parcial, com intuito de lucro direto ou indireto, por qualquer meio ou processo, de obra intelectual, interpretação, execução ou fonograma, sem autorização expressa do autor, do artista intérprete ou executante, do produtor, conforme o caso, ou de quem os represente: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - reclusão, de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003)”.Fonte;Portal A Desgraça