Atenção;Este site contém cenas violentas inadequadas para menores de 18 anos e pessoas sensíveis Aqui assuntos policiais são tratados da mais real maneira possível

NO TOCANTINS RAPAZ NÃO ACEITA FIM DE RELACIONAMENTO E MATA EX NAMORADA E DEPOIS TENTA SUICÍDIO:

FORÇA POLICIAL | 17:41 |

Na tarde desta quinta-feira (23) jovem matou sua ex-namorada com vários golpes de faca e depois tentou suicídio no Setor Lago Azul em Palmas, capital do Tocantins.

De acordo com informações da Polícia Militar, o jovem identificado como Adriano Alves de Sá de 20 anos teria discutido com a ex-namorada Valdiene Silva de 27 anos por não aceitar o fim do relacionamento que teriam durado 09 meses. Foi durante a discussão que ele pegou uma faca e desferiu vários golpes na vítima que foi atingida no pescoço, no peito e no abdômen e com a gravidade dos ferimentos acabou morrendo no local. Em seguida, Adriano entrou em sua residência dizendo que iria suicidar, ele perfurou seu pescoço com um golpe de faca, mas foi socorrido e encaminhado ao hospital ainda consciente, Adriano, não corre risco de morte e segue internado em observação. O corpo da mulher foi periciado e encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML). Depois de recuperar o autor será autuado em flagrante por homicídio. Plantão Policial

Veja Outras Matérias Abaixo:

Seja Profissional Indique Á Fonte Correta; :
Plágio é crime,Veja;No campo penal: “Art. 184. Violar direitos de autor e os que lhe são conexos: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, ou multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). § 1o Se a violação consistir em reprodução total ou parcial, com intuito de lucro direto ou indireto, por qualquer meio ou processo, de obra intelectual, interpretação, execução ou fonograma, sem autorização expressa do autor, do artista intérprete ou executante, do produtor, conforme o caso, ou de quem os represente: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - reclusão, de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003)”.Fonte;Portal A Desgraça