Atenção;Este site contém cenas violentas inadequadas para menores de 18 anos e pessoas sensíveis Aqui assuntos policiais são tratados da mais real maneira possível

ACHADO DE CADÁVER EM QUIXERÉ-CE

portal a desgraça | 12:27 |

Ontem, DIA 18/ por volta de 13h10min, foi informado e este destacamento via rádio pela 1ª Cia / 1º BPM de um achado de cadáver na localidade de Sucurujuba, zona rural de Quixeré, próximo à passagem molhada. Logo em seguida a VTR CP 1094 se deslocou até o local acima citado onde constataram o fato.
A composição encontrou já próximo a margem do rio o corpo do Sr.: Antônio Gerson Amorim Marreiro, nascido no dia 09/01/1987, filho de Everardo de Assis Marreiro e Antônia Amorim e natural de Canindé. Segundo Informações de populares ao avistarem o corpo da vítima boiando no rio o arrastarem para margem e o amarraram com uma corda em uma árvore para evitar que o corpo fosse levado pela correnteza do rio.
Populares informaram ainda que a vítima foi avistada pela ultima vez transitando próxima a passagem molhada da localidade acima citada, no domingo, 16/11/2014, à noite, em uma motocicleta, quando parou e retirou alguns obstáculos colocados por populares na estrada, para evitar o tráfego na estrada devido o nível do rio está alto, e que em seguida a vítima não foi mais vista, sendo encontrada somente hoje. Informo ainda que segundo populares a motocicleta que a vítima trafegava não foi encontrada. Compareceu no local o Perito , na Viatura da Pericia Forense Nº 7075. Fonte unidade policial de Quixeré

Veja Outras Matérias Abaixo:

Seja Profissional Indique Á Fonte Correta; :
Plágio é crime,Veja;No campo penal: “Art. 184. Violar direitos de autor e os que lhe são conexos: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, ou multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). § 1o Se a violação consistir em reprodução total ou parcial, com intuito de lucro direto ou indireto, por qualquer meio ou processo, de obra intelectual, interpretação, execução ou fonograma, sem autorização expressa do autor, do artista intérprete ou executante, do produtor, conforme o caso, ou de quem os represente: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - reclusão, de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003)”.Fonte;Portal A Desgraça