Atenção;Este site contém cenas violentas inadequadas para menores de 18 anos e pessoas sensíveis Aqui assuntos policiais são tratados da mais real maneira possível

EM VARJOTA-CE;PM TIRA DE CIRCULAÇÃO ELEMENTO ACUSADO DE VÁRIOS ASSALTOS NA REGIÃO

FORÇA POLICIAL | 06:50 |

Destacamento de Polícia militar da cidade de Varjota(Ce) tiraram de circulação um elemento tido como de alta periculosidade para sociedade Varjotense e distritos vizinhos.O acusado de vários delitos incluindo ondas de assaltos,foi qualificado come sendo,Antônio Carlos Torres Paiva, de vulgo "Lourinho".Segundas informações policiais o acusado teria chegado recentemente da região Sul Rio Janeiro, e já é apontado como suspeito de ter praticado vários assaltos na cidade.
Alem dos assaltos acarenta contra o mesmo um elemento bastante violento,sendo que um de seus últimos delitos chegou a lesionar a vítima com golpes de facão em suas tentativas de assaltos.De acordo com informações policiais o elemento juntamente com dois comparsa conseguiram efetuar o assalto deixando a vítima lesionada na cabeça mais sem correr risco de vida.
Após várias denuncias dando conta das características do terrorista,uma composição militar composta pelo os bravos policiais, Sargento "Linha Dura" (B. Sousa) Cabo Teixeira,Soldado Steilon,Soldado Palhano e Soldado Gomes conseguiram exito em prender o acusado.Ainda de acordo com os policiais desta operação,o elemento alem de violento é calculista em suas ações.Após feita a prisão,o acusado foi conduzido à Delegacia Regional de Polícia Civil para os procedimentos legais,
Portal A Desgraça/Repórter Jorge Alves

Veja Outras Matérias Abaixo:

Seja Profissional Indique Á Fonte Correta; :
Plágio é crime,Veja;No campo penal: “Art. 184. Violar direitos de autor e os que lhe são conexos: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, ou multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). § 1o Se a violação consistir em reprodução total ou parcial, com intuito de lucro direto ou indireto, por qualquer meio ou processo, de obra intelectual, interpretação, execução ou fonograma, sem autorização expressa do autor, do artista intérprete ou executante, do produtor, conforme o caso, ou de quem os represente: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - reclusão, de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003)”.Fonte;Portal A Desgraça