Atenção;Este site contém cenas violentas inadequadas para menores de 18 anos e pessoas sensíveis Aqui assuntos policiais são tratados da mais real maneira possível

FIM DA LINHA DETONARAM"ROBERTO OIÃO", UM DOS BANDIDOS MAIS PROCURADOS DO CEARÁ

FORÇA POLICIAL | 08:54 |

Chegou ao fim a vida de crimes de José Roberto Honorato da Silva, mais conhecido por ´Roberto Oião´. Apontado como chefe do tráfico, e presente na lista dos dez mais procurados do Estado, acusado de homicídio, roubos a sítios e formação de quadrilha, Roberto está morto.
De acordo com a titular da Delegacia Metropolitana do Eusébio, Ana Lúcia Almeida, o criminoso foi assassinado no dia 6 de outubro, em um bar às margens do Rio Pium, em Parnamirim, Região Metropolitana de Natal, no Rio Grande do Norte. As investigações para identificação do corpo foram conduzidas pela delegada em parceria com a Polícia do Rio Grande do Norte e a Coordenadoria de Inteligência (Coin) da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), do Ceará. Segundo Ana Lúcia, ´Roberto Oião´ foi atingido por oito tiros e teve o corpo carbonizado. O cadáver foi encontrado em um balneário, no litoral de Natal. Para a Polícia, os principais suspeitos do crime seriam dois comparsas do criminoso, identificados como ´Nem´ e ´William Perna Fina´. Eles foram vistos na companhia de Roberto antes do crime. ´Oião´ possuía 16 mandados de prisão em aberto. Fonte: Diário do Nordeste

Veja Outras Matérias Abaixo:

Seja Profissional Indique Á Fonte Correta; :
Plágio é crime,Veja;No campo penal: “Art. 184. Violar direitos de autor e os que lhe são conexos: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, ou multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). § 1o Se a violação consistir em reprodução total ou parcial, com intuito de lucro direto ou indireto, por qualquer meio ou processo, de obra intelectual, interpretação, execução ou fonograma, sem autorização expressa do autor, do artista intérprete ou executante, do produtor, conforme o caso, ou de quem os represente: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - reclusão, de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003)”.Fonte;Portal A Desgraça