Atenção;Este site contém cenas violentas inadequadas para menores de 18 anos e pessoas sensíveis Aqui assuntos policiais são tratados da mais real maneira possível

VINGANÇA;ELE MATOU COM UMA BARRA DE FERRO,O CRIMINOSO QUE TINHA MATADO SEU PAI

portal a desgraça | 12:52 |

Vítima era ex-presidiário e foi espancado com uma barra de ferro em um bar. Suspeito preso assumiu crime e não se mostrava arrependido, diz delegado
Um jovem foi preso na noite de quinta-feira (20) na cidade de Mari, na região da Mata paraibana, suspeito de matar o homem que assassinou seu pai há 16 anos. Segundo informações da Polícia Civil, na época do homicídio a vítima era cunhado de Tiago Faustino, de 24 anos.
O delegado Fred Magalhães, que investiga o caso, informou que o pai do suspeito foi morto quando ele tinha oito anos. Ainda de acordo com a polícia, Tiago matou o assassino do pai com golpes de barra de ferro no momento em que a vítima bebia em um bar no Centro de Mari.
“O suspeito foi muito frio em afirmar [que iria se vingar] depois de muito tempo que o indivíduo matou seu pai. Ele guardou e disse que ia vingar no enterro. E se vingou”, comentou Fred Magalhães. O homem morto na quinta-feira tinha 47 anos e era ex-presidiário. Segundo a polícia, o homicídio do então sogro foi motivado por desentendimentos familiares. Em entrevista à TV Cabo Branco, Tiago assumiu a autoria do crime. “Fiz isso porque jurei para minha irmã que ia matar ele, e matei”, afirmou o suspeito, completando que não estava arrependido do crime. Após ser preso em flagrante, o jovem foi encaminhado para o presídio de Sapé. Ainda de acordo com o delegado Fred Magalhães, ele já cumpre pena no regime semiaberto por furto.

a vítima morta com vários golpes de ferro na cabeça
Fonte: G1PB/Fotos Whatsapp

Veja Outras Matérias Abaixo:

Seja Profissional Indique Á Fonte Correta; :
Plágio é crime,Veja;No campo penal: “Art. 184. Violar direitos de autor e os que lhe são conexos: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, ou multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). § 1o Se a violação consistir em reprodução total ou parcial, com intuito de lucro direto ou indireto, por qualquer meio ou processo, de obra intelectual, interpretação, execução ou fonograma, sem autorização expressa do autor, do artista intérprete ou executante, do produtor, conforme o caso, ou de quem os represente: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - reclusão, de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003)”.Fonte;Portal A Desgraça