Atenção;Este site contém cenas violentas inadequadas para menores de 18 anos e pessoas sensíveis Aqui assuntos policiais são tratados da mais real maneira possível

CEARENSE CAPOTA CARRO E MORRE, A CAMINHO DO VELÓRIO DA MÃE NA BR-230

FORÇA POLICIAL | 11:31 |

Motorista perdeu o controle do carro depois do pneu estourar na BR-230. Vítima vinha de Brasília e seguia para Fortaleza quando aconteceu acidente.
Um grave acidente deixou um morto e quatro feridos na tarde desta sexta-feira (26), na BR-230, próximo a localidade Café de Rosa, zona rural de Oeiras. A vítima fatal foi identificada como Francisco de Assis Vasconcelos da Silva, que viajava com a família e amigos para comparecer ao velório da mãe.

O grupo saiu de Brasília na madrugada de ontem com destino à Fortaleza. No caminho, um dos pneus do carro estourou, fazendo com que o condutor Alexandre Fernando de Almeida perdesse o controle do veículo. Francisco de Assis ficou preso nas ferragens e teve que ser retirado pelo corpo de bombeiros de Floriano.
Os outros ocupantes do veículo ficaram feridos e logo encaminhados ao Hospital Regional Deolindo Couto. Eles foram identificados como Arlete da Silva Sousa (esposa da vítima fatal), Andrea da Silva Sousa (filha do casal), e os amigos da família identificados como e Tiago Dias Maciel e Alexandre Fernando de Almeida.
Portal A Desgraça Com Edição De Lourdes Pereira

Veja Outras Matérias Abaixo:

Seja Profissional Indique Á Fonte Correta; :
Plágio é crime,Veja;No campo penal: “Art. 184. Violar direitos de autor e os que lhe são conexos: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, ou multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). § 1o Se a violação consistir em reprodução total ou parcial, com intuito de lucro direto ou indireto, por qualquer meio ou processo, de obra intelectual, interpretação, execução ou fonograma, sem autorização expressa do autor, do artista intérprete ou executante, do produtor, conforme o caso, ou de quem os represente: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - reclusão, de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003)”.Fonte;Portal A Desgraça