Atenção;Este site contém cenas violentas inadequadas para menores de 18 anos e pessoas sensíveis Aqui assuntos policiais são tratados da mais real maneira possível

EVANGÉLICOS MIJAM E DEPOIS QUEIMAM IMAGEM DE NOSSA SENHORA

FORÇA POLICIAL | 01:21 |

O mês de maio e a celebração da coroação de Nossa Senhora por parte dos católicos acendeu a ira de protestantes fundamentalistas na pequena cidade de Carrapateira, localizada a 384 km de João Pessoa, na Paraíba. Membros destas denominações queimaram e urinaram em uma imagem de Nossa Senhora em praça pública, na última semana do mês de maio, conhecido como mês mariano.
Padre Querino Pedro que há 4 anos é pároco da cidade que possui pouco mais de 2 mil habitantes relatou ao ANCORADOURO a situação de constrangimento gerada pelos evangélicos fundamentalistas. “Além desse episódio da queima da imagem outro fato que está deixando os pais de família preocupados é que na rua ou em escolas crianças não católicas são constantemente criticadas por evangélicos, chamados de demônios e condenados ao inferno. As crianças estão perturbadas com essa situação”. Em carrapateira existem 3 igrejas evangélicas. ” A pentecostal é a mais radical”, conta o padre. “Sempre vem com aquele confronto de que católico adora imagem. Um risco de gerar brigas. Eles [os protestantes] tentam tirar os crucifixos do pescoço dos coroinhas da paróquia”, denuncia o padre. “No mês de maio os evangélicos endoidece” finaliza o padre que estava se dirigindo a uma delegacia para fazer um Boletim de Ocorrência sobre os últimos episódios, uma orientação da Diocese. Confira a entrevista com o padre
Pastor nega participação na queima da Santa, mas diz: “Imagem não presta nem para jogar no lixo”. Vídeo! O religioso conhecido como Pastor Poroca revelou que está recebendo ameças de membros da imprensa e mandou um recado: "Não tenho medo". Vídeo!
O Pastor da Igreja Pentecostal Rios de Águas Vivas, Luiz Lourenço, mais conhecido por Pastor Poroca negou nesta quarta-feira (04), qualquer participação na destruição da imagem de Nossa Senhora, no município de Carrapateira, região de Cajazeiras. O fato foi denunciado nessa terça-feira (03), pelo administrador paroquial, o Padre Querino Pedro, onde afirmou que alguns evangélicos urinaram na imagem, jogaram gasolina e queimaram Nossa Senhora. O Padre mencionou o nome do Pastor Poroca, afirmando que o ato de desrespeito e de intolerância religiosa poderia ter sido praticado por fieis da Igreja de Poroca. Uma dona de casa que não quis se identificar, participou de um programa de Rádio da cidade de Cajazeiras e desabafou: “Ouvi uma pessoa dizer que tinha mijado em cima da imagem e só não tinha cagado porque não estava com vontade no momento”. O outro lado O Pastor Poroca se defendeu e disse que não estava sabendo de nada, mas confirmou que há muitos jovens da sua Igreja na cidade de Carrapateira. “Estou livre, estou inocente” Poroca declarou que não teria coragem de urinar na imagem de Nossa Senhora, porém, defendeu: “Está escrito na Bíblia para quebrar os ídolos e lançar as imagens fora dos templos” O religioso criticou a imprensa que está lhe faltando com respeito e exigiu consideração: “Eu amo todos vocês, nunca destratei nenhum de vocês, mas não me calo diante da verdade”. Mesmo negando qualquer ligação com o fato, Poroca afirmou que não critica as imagens, entretanto se contradisse quando declarou: “A imagem não presta nem para jogar no lixo, é praga, é demônio, é maldita. Deus abomina. É a Bíblia que diz. A Bíblia diz que quebre e queime”. Ele disse também que seus colegas pastores e os padres têm medo de falar a verdade porque temem a imprensa. “Eu não tenho medo da verdade” O Pastor assegurou que a visita do Papa ao Brasil foi uma adoração ao demônio. “Ele veio adorar o demônio que é Aparecida [Nossa Senhora Aparecida]” Ainda sobre a destruição da imagem em Carrapateira, o Pastor informou que se tiver algum membro da sua Igreja envolvido no caso vai sair em defesa dos acusados. “Minha atitude vai ser que eles pregaram a Bíblia, quanto a verdade não existe lei. Se estamos pregando a verdade e está atingindo alguém é porque esta pessoa é contra Deus” Veja vídeo!
Entenda O Padre Querino Pedro, administrador da Paróquia Santo Afonso, na cidade de Carrapateira, região de Cajazeiras lamentou nesta terça-feira (03), a destruição da imagem de Nossa Senhora por algumas pessoas evangélicas. “Mijaram em cima da imagem, jogaram gasolina e queimaram Nossa Senhora. Dizem que os católicos estão condenados ao inferno”. Lastimou o padre O religioso destacou também a preocupação das mães, pois as crianças estão sendo taxadas de que estarem “condenadas ao inferno”. O padre disse que essas declarações são feitas por evangélicos até nas escolas, e isso está deixando os católicos constrangidos e as crianças amedrontadas. “Estão fazendo a cabeça das crianças para repudiarem Nossa Senhora” Querino denunciou ainda que estão pichando as paredes da igreja com palavrões. “Estão também chamando os católicos de baratas pretas”. Segundo o padre, as pessoas que estão fazendo esse tipo coisa pertencem a igreja dirigida por Luiz Lourenço, mais conhecido por Pastor Poroca. Ele informou que não procurou a polícia para denunciar o caso. DIÁRIO DO SERTÃO

Veja Outras Matérias Abaixo:

Seja Profissional Indique Á Fonte Correta; :
Plágio é crime,Veja;No campo penal: “Art. 184. Violar direitos de autor e os que lhe são conexos: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, ou multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). § 1o Se a violação consistir em reprodução total ou parcial, com intuito de lucro direto ou indireto, por qualquer meio ou processo, de obra intelectual, interpretação, execução ou fonograma, sem autorização expressa do autor, do artista intérprete ou executante, do produtor, conforme o caso, ou de quem os represente: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - reclusão, de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003)”.Fonte;Portal A Desgraça