Atenção;Este site contém cenas violentas inadequadas para menores de 18 anos e pessoas sensíveis Aqui assuntos policiais são tratados da mais real maneira possível

FIM DO MUNDO MÃE CANIBAL TENTA COMER SEU BEBÊ RECÉM-NASCIDO LOGO APÓS O PARTO

FORÇA POLICIAL | 15:53 |

Uma chinesa de 24 anos, chamada Li Zhenghua, foi pega enquanto tentava devorar sua criança. Por sorte, uma enfermeira do hospital em Shenzhen, sul da China, passava pelo corredor e alertou outros profissionais. A mãe da criança foi acusada de canibalismo, depois que foi flagrada abocanhando o braço do bebê, tentando arrancar pedaços!
A enfermeira, nomeado como Liu Tianlun, tentou tirar o bebê a força de seus braços, mas a mãe se recusava a soltá-lo. Ela acabou sendo sedada com soníferos e o bebê foi removido do local. "Foi realmente chocante, o braço do bebê foi seriamente danificado e sofreu, não só contusões pesadas, como também sangramento, como resultado das mordidas. Felizmente, os médicos conseguiram sedar a mãe da criança, impedindo-a de morder com mais força, afrouxando suas mandíbulas”, disse um porta-voz do hospital. Acredita-se que a mãe passava seus dias na rua, depois de ser expulsa de casa, mesmo estando grávida. Uma equipe do hospital está avaliando se terá de devolver o recém-nascido de volta para sua mãe. Uma investigação sobre o incidente está em andamento.

Veja Outras Matérias Abaixo:

Seja Profissional Indique Á Fonte Correta; :
Plágio é crime,Veja;No campo penal: “Art. 184. Violar direitos de autor e os que lhe são conexos: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, ou multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). § 1o Se a violação consistir em reprodução total ou parcial, com intuito de lucro direto ou indireto, por qualquer meio ou processo, de obra intelectual, interpretação, execução ou fonograma, sem autorização expressa do autor, do artista intérprete ou executante, do produtor, conforme o caso, ou de quem os represente: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - reclusão, de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003)”.Fonte;Portal A Desgraça