Atenção;Este site contém cenas violentas inadequadas para menores de 18 anos e pessoas sensíveis Aqui assuntos policiais são tratados da mais real maneira possível

PM RECUPERA MOTOS FURTADAS NA ÁREA CENTRAL DE ALCÂNTARAS:

FORÇA POLICIAL | 07:08 |

QUE ONTEM, DIA 18/12/2014, POR VOLTA DE 15H00, NO SITIO SÃO FRANCISCO/JORDÃO E SITIO DESTERRO/ALCÂNTARAS, FORAM RECUPERADAS AS MOTOS DE OBJETO DE FURTOS, DE PLACA NUO 8951-CE, HONDA, POP, COR PRETA, ANO 2010 E MOTO DE PLACA HWU 4182-CE, CG 125, COR AZUL, ANO 2003; QUE FOI CONDUZIDO A DELEGACIA REGIONAL DE SOBRAL (POLÍCIA CIVIL),
O SENHOR FÁBIO ARAÚJO DE OLIVEIRA, NASCIDO EM 09/05/1996, FILHO DE VICENTE MACIEL DE OLIVEIRA E VALNÊ ALVES DE ARAÚJO, SOLTEIRO, VIGILANTE, NATURAL DE ALCÂNTARAS, RESIDENTE NO SITIO FLORES/ALCÂNTARAS; E APREENDIDO SEU IRMÃO O ADOLESCENTE FLÁVIO ARAÚJO DE OLIVEIRA, FILHO DE VICENTE MACIEL DE OLIVEIRA E VALNÊ ALVES DE ARAÚJO, SOLTEIRO, VIGILANTE, NATURAL DE ALCÂNTARAS, RESIDENTE NO SITIO FLORES/ALCÂNTARAS; QUE AS VITIMAS TRATAM-SE DE GABRIEL MAGALHÃES GUIMARÃES, FILHO DE RAIMUNDO NONATO GUIMARÃES E ANA MARIA MAGALHÃES GUIMARÃES, NATURAL DE ALCÂNTARAS, NASCIDO EM 26/06/1996, SOLTEIRO, COMERCIÁRIO, RESIDENTE NO SITIO FIDALDO/ALCÂNTARAS; E RAULINO LIMA DE ALCÂNTARAS, FILHO JOSÉ MAURÍCIO RAULINO DE ALCÂNTARAS E JOVELINA LIMA DE ALCÂNTARAS, NATURAL DE ALCÂNTARAS, NASCIDO EM 25/08/88, SOLTEIRO, AUXILIAR DE PRODUÇÃO; INQUÉRITO POLICIAL Nº 1241/2014 B.O.C Nº 337/2014 OBS. ESSAS MOTOS FORAM FURTADAS NO DIA 14/12/2014, NO CENTRO COMERCIAL DESTA CIDADE. POR VOLTA DE 01H00. EFETIVO DO DESTACAMENTO: SGT JOHNSON, SDS GOMES, ALBERTO, RAFAEL.

Veja Outras Matérias Abaixo:

Seja Profissional Indique Á Fonte Correta; :
Plágio é crime,Veja;No campo penal: “Art. 184. Violar direitos de autor e os que lhe são conexos: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, ou multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). § 1o Se a violação consistir em reprodução total ou parcial, com intuito de lucro direto ou indireto, por qualquer meio ou processo, de obra intelectual, interpretação, execução ou fonograma, sem autorização expressa do autor, do artista intérprete ou executante, do produtor, conforme o caso, ou de quem os represente: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - reclusão, de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003)”.Fonte;Portal A Desgraça