Atenção;Este site contém cenas violentas inadequadas para menores de 18 anos e pessoas sensíveis Aqui assuntos policiais são tratados da mais real maneira possível

POLICIAL MILITAR REALIZA PEDIDO DE NATAL DE GAROTO DE 8 ANOS

FORÇA POLICIAL | 19:05 |

Uma cartinha para Papai Noel acabou caindo nas mãos certas da Soldado Rafaela, policial militar lotada BPEC do 20° Batalhão. Isaque, 8 anos, estudante da Escola Municipal Jardim Ana Maria no município de Colombo, escreveu uma cartinha com um pedido de Natal inusitado, uma farda do BOPE.

O garoto que já passou de ano, sonha em ser policial do BOPE, é grande admirador da polícia e sua cartinha foi parar em uma agência dos correios do Bairro Boqueirão em Curitiba. A soldado Rafaela resolveu buscar uma cartinha e a primeira que ela pegou foi a do Isaque. Ela ficou comovida com a cartinha e resolveu realizar o desejo do menino em um dia especial. Isaque foi surpreendido em seu colégio, quando a soldado chegou convidando-o para conhecer o BOPE Canil.
Animado o menino mal sabia o que estava à sua espera.Ao chegar no Canil o pequeno foi muito bem recepcionado pelo Cabo Maciel que mostrou as instalações e como os animais são treinados. Quando menos esperava, Isaque foi surpreendido pela Soldado Rafaela que chegou com a farda do BOPE. Ele correu para o vestiário e rapidamente recebeu instruções do Cabo Maciel de como ser um bom policial. A alegria e o brilho no olhar do pequeno Isaque contagiou a todos que acompanharam seu dia mais que especial.Ele ainda disse que irá estudar muito para um dia ser policial do BOPE. Veja o vídeo de como foi a surpresa para o pequeno Isaque:

Veja Outras Matérias Abaixo:

Seja Profissional Indique Á Fonte Correta; :
Plágio é crime,Veja;No campo penal: “Art. 184. Violar direitos de autor e os que lhe são conexos: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, ou multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). § 1o Se a violação consistir em reprodução total ou parcial, com intuito de lucro direto ou indireto, por qualquer meio ou processo, de obra intelectual, interpretação, execução ou fonograma, sem autorização expressa do autor, do artista intérprete ou executante, do produtor, conforme o caso, ou de quem os represente: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - reclusão, de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003)”.Fonte;Portal A Desgraça