Atenção;Este site contém cenas violentas inadequadas para menores de 18 anos e pessoas sensíveis Aqui assuntos policiais são tratados da mais real maneira possível

IDOSO NÃO DEU DINHEIRO PRA MULHER COMPRAR CRACK,ELA ARRANCOU A ORELHA DELE A DENTADA

FORÇA POLICIAL | 16:19 |

Viciada em drogas arranca pedaço de orelha de homem após discussão na cidade de Patos
viciada em crack Roberta dos Santos Nascimento, 24 anos, decepou a orelha do senhor Miguel Lima de Morais, 62 anos, aposentado, que residente no centro de Patos.
O fato aconteceu neste sábado, dia 24, por volta das 17h00, na localidade conhecida por “Beco da Corda”, localizada entre as Ruas Pedro Firmino e Vereador Joaquim Leitão, Centro de Patos, próximo ao Mercado Central.
De acordo com as informações, Roberta dos Santos chegou ao bar no Beco da Cola e começou a pedir dinheiro ao senhor Miguel Lima. O aposentado se recusou a dar o dinheiro e começou uma discussão, mas de repente Roberta sacou de uma tesoura e tentou ferir o aposentado. Durante a luta corporal entre Roberta e Miguel, a viciada mordeu a orelha da vítima com tamanha violência que a decepou. O senhor Miguel foi atendido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). O aposentado ficou com o pedaço da orelha em sua mão e dificilmente terá a reconstituição da mesma. O caso foi parar na Delegacia de Polícia Civil (DPC). Roberta dos Santos vai responder por crime de lesão corporal, dentre outros. Jozivan Antero – Patosonline.com

Veja Outras Matérias Abaixo:

Seja Profissional Indique Á Fonte Correta; :
Plágio é crime,Veja;No campo penal: “Art. 184. Violar direitos de autor e os que lhe são conexos: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, ou multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). § 1o Se a violação consistir em reprodução total ou parcial, com intuito de lucro direto ou indireto, por qualquer meio ou processo, de obra intelectual, interpretação, execução ou fonograma, sem autorização expressa do autor, do artista intérprete ou executante, do produtor, conforme o caso, ou de quem os represente: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - reclusão, de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003)”.Fonte;Portal A Desgraça