Atenção;Este site contém cenas violentas inadequadas para menores de 18 anos e pessoas sensíveis Aqui assuntos policiais são tratados da mais real maneira possível

FILHO MATA OS PAIS ESCONDE AS CABEÇAS NA GELADEIRA E COME OS CORPOS COZIDO COM ARROZ

FORÇA POLICIAL | 05:28 |

Um chinês está sendo julgado pelo assassinato de seus pais depois de a polícia encontrar as cabeças congeladas, além de outras partes de corpos guardadas em geladeiras ou lancheiras. As informações são do The Mirror. A publicação não especificou quando o crime aconteceu.

Chau Hoi-leung, 30 anos, teria convidado os pais para jantar em seu apartamento em Hong Kong, quando os teria matado a facadas com a ajuda de um amigo.
Chau Wing-ki, 65 anos, e Siu Yuet-yee, 62 anos, tiveram partes de seus corpos escondidos em geladeiras e lancheiras, sendo conservadas no sal.
A polícia desconfiou do crime após o próprio Chau Hoi-leung avisar sobre o desaparecimento dos pais, alegando que eles teriam falado que viajariam a passeio.
Desconfiados, oficiais da polícia procuraram o apartamento do chinês e encontraram a cena do crime – onde ainda havia sangue. Duas geladeiras, uma panela elétrica de arroz e diversas facas também foram encontrados no local, e teriam sido usados para a execução do crime.
Segundo as informações, ele e o amigo, Tse Chun-kei, 36 anos, teriam cozinhado algumas partes dos corpos com arroz. O juiz acredita que o crime foi premeditado. O chinês tentou se justificar dizendo que os pais teriam o "abandonado" e que "não aceitavam seu estilo de vida". O acusado alegou que estava “fora de si” ao cometer o crime. O julgamento ainda está em andamento.

Veja Outras Matérias Abaixo:

Seja Profissional Indique Á Fonte Correta; :
Plágio é crime,Veja;No campo penal: “Art. 184. Violar direitos de autor e os que lhe são conexos: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, ou multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). § 1o Se a violação consistir em reprodução total ou parcial, com intuito de lucro direto ou indireto, por qualquer meio ou processo, de obra intelectual, interpretação, execução ou fonograma, sem autorização expressa do autor, do artista intérprete ou executante, do produtor, conforme o caso, ou de quem os represente: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - reclusão, de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003)”.Fonte;Portal A Desgraça