Atenção;Este site contém cenas violentas inadequadas para menores de 18 anos e pessoas sensíveis Aqui assuntos policiais são tratados da mais real maneira possível

BANDIDO ASSALTA LOJA E TENTA OBRIGAR FUNCIONÁRIA A BEIJA-LO

FORÇA POLICIAL | 14:04 |

Policiais do Ronda do Quarteirão de Quixadá capturaram, na tarde desta quarta-feira, 10, um jovem acusado de assaltar uma boutique no Centro de Quixadá. Segundo a Polícia, a funcionária estava sozinha na loja de artigos femininos quando foi surpreendida pelo assaltante.

Após exibir um revólver, de brinquedo, o criminoso passou a escolher algumas peças de roupas e depois tentou beijar a vítima. Como ela reagiu, ele deu um tapa no rosto dela.Entretanto, assim que o assaltante saiu da boutique, roubando algumas roupas e um tablet, o assaltante, identificado como Wenderson da Silva de Araújo, 19 anos, natural de Fortaleza, foi surpreendido e agarrado por populares. O criminoso ainda foi agredido por alguns motociclistas, com pancadas de capacetes. Ele foi preso e conduzido para a Delegacia Regional da Polícia Civil. Ele também foi reconhecido no assalto a outra boutique, dias antes, também em Quixadá. Em novembro de 2011, o jovem Reginaldo dos Santos da Silva, a época menor de idade, passou a realizar uma série de assaltos na cidade de Quixadá. A maioria de suas vítimas eram universitárias. Após assaltá-las ele ainda as obrigava a beijá-lo. Ele ficou conhecido também como “Beijoqueiro”, e foi assassinado a tiros em agosto do ano passado, com 19 anos, dentro de um mercadinho, em Quixadá. Fonte: Diário do Nordeste

Veja Outras Matérias Abaixo:

Seja Profissional Indique Á Fonte Correta; :
Plágio é crime,Veja;No campo penal: “Art. 184. Violar direitos de autor e os que lhe são conexos: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, ou multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). § 1o Se a violação consistir em reprodução total ou parcial, com intuito de lucro direto ou indireto, por qualquer meio ou processo, de obra intelectual, interpretação, execução ou fonograma, sem autorização expressa do autor, do artista intérprete ou executante, do produtor, conforme o caso, ou de quem os represente: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - reclusão, de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003)”.Fonte;Portal A Desgraça