Atenção;Este site contém cenas violentas inadequadas para menores de 18 anos e pessoas sensíveis Aqui assuntos policiais são tratados da mais real maneira possível

CABO DA PM COMETE SUICÍDIO DENTRO DO BANHEIRO DE SUA RESIDÊNCIA

FORÇA POLICIAL | 12:45 |

Na tarde desta terça-feira (9), um Militar do Grupamento da Rocam do 3º BPM de Arapiraca, foi encontrado morto dentro do banheiro de sua casa, no residencial Cerejeira, na Rua Fundador Manoel André Correia dos Santos Nº 253, no Bairro Massaranduba, em Arapiraca.

A informação passada no local é que o Militar Marcos Cesar Nunes da Silva, 46 anos, cometeu suicídio. Familiares o encontrou caído no banheiro, acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), que ao chegar no local constatou o óbito do PM. Marcos Cesar, era um Policial conhecido em Arapiraca e muito querido por seus companheiros da corporação, que estão chocados com o que aconteceu. Além de um excelente Profissional o Militar, era voluntário em um Centro de Recuperação para dependentes químicos. O Policial trabalhou no jogo Santa Rita x Cruzeiro pela Copa do Brasil no Estádio Municipal e no ultimo Sábado em uma partida de futebol amador. A assessoria da Policia Militar emitiu uma nota de Pesar Nota: É com muito pesar que informamos a perda de mais um membro da família policial militar. Na tarde desta terça-feira (09), o cabo Marcos César Nunes da Silva, 46 anos, pertencente ao grupamento de Rocam do 3° BPM, atentou contra sua própria vida dentro de sua residência no município de Arapiraca, vindo a falecer no local. Externamos nosso sentimento de pesar a família do policial militar, ao tempo em que ofereceremos todo o apoio necessário por meio de nosso Centro de Assistência Social e Psicológica a esta família.
por Éverton Luis;Portal96

Veja Outras Matérias Abaixo:

Seja Profissional Indique Á Fonte Correta; :
Plágio é crime,Veja;No campo penal: “Art. 184. Violar direitos de autor e os que lhe são conexos: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, ou multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). § 1o Se a violação consistir em reprodução total ou parcial, com intuito de lucro direto ou indireto, por qualquer meio ou processo, de obra intelectual, interpretação, execução ou fonograma, sem autorização expressa do autor, do artista intérprete ou executante, do produtor, conforme o caso, ou de quem os represente: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - reclusão, de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003)”.Fonte;Portal A Desgraça