Atenção;Este site contém cenas violentas inadequadas para menores de 18 anos e pessoas sensíveis Aqui assuntos policiais são tratados da mais real maneira possível

DOIS BANDIDOS E UM POLICIAL MORTO EM TENTATIVA DE ASSALTO EM SÃO LUIS DO MARANHÃO

FORÇA POLICIAL | 16:46 |

Um tiroteio deixou um policial militar e dois suspeitos de assalto mortos na manhã deste domingo (14), na Feira da Liberdade, em São Luís, de acordo com informações da Polícia Militar. Morreu o soldado Clenildo Souza Gomes, integrante do Grupo Tático Móvel (GTM) do 1º Batalhão da PM, e os suspeitos identificados apenas como Caíque e "Acerola". Um terceiro suspeito, identificado como "Bruno Pretinho", está foragido.
Segundo a PM, Clenildo estava de férias e fazia bico como segurança na feira. O soldado trabalhava em um açougue quando os dois homens chegaram para assaltar o local. Ao perceber a presença do policial, os suspeitos teriam começado a atirar contra ele, que foi atingido e, mesmo baleado, conseguiu revidar e matar dois. O suspeitos morreram no local. Segundo a polícia, eles faziam parte de uma facção criminosa de São Luís. O soldado chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu a caminho do Hospital Municipal de Urgência e Emergência Clementino Moura, o Socorrão II. O G1 entrou em contato com a assessoria da Polícia Militar, que ficou de enviar de nota com posicionamento sobre o caso. É o segundo atentado contra policiais militares em São Luís nos últimos três dias. Na sexta-feira (12), um soldado identificado apenas como Marcelo também foi baleado ao tentar reagir a um assalto e trocar tiros com dois homens, próximo a uma loja de materiais de construção no bairro Forquilha, na capital maranhense. Um dos suspeitos morreu e o outro foi encaminhado para o Centro de Triagem de Pedrinhas. Imagens das câmeras de segurança:
Infelizmente o policial não resistiu. Meus pêsames a família.

Veja Outras Matérias Abaixo:

Seja Profissional Indique Á Fonte Correta; :
Plágio é crime,Veja;No campo penal: “Art. 184. Violar direitos de autor e os que lhe são conexos: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, ou multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). § 1o Se a violação consistir em reprodução total ou parcial, com intuito de lucro direto ou indireto, por qualquer meio ou processo, de obra intelectual, interpretação, execução ou fonograma, sem autorização expressa do autor, do artista intérprete ou executante, do produtor, conforme o caso, ou de quem os represente: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - reclusão, de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003)”.Fonte;Portal A Desgraça