Atenção;Este site contém cenas violentas inadequadas para menores de 18 anos e pessoas sensíveis Aqui assuntos policiais são tratados da mais real maneira possível

Juazeiro do Norte-CE: Dono de pizzaria tenta matar professor residente vizinho ao estabelecimento

FORÇA POLICIAL | 15:42 |

Na véspera do dia que lhe é consagrado, o professor Marcelo Marques Cavalcanti de Queiroz, de 45 anos, foi vítima de um atentado à bala. Ele reside na Rua São Luiz, 619 (São Miguel) em Juazeiro do Norte, onde foi alvejado com um tiro de revólver no pescoço por volta das 19 horas desta terça-feira.
O autor do disparo foi o empresário Dimas Guimarães, proprietário da Santa Esquina Pizzaria e Lanchonete que funciona no cruzamento das ruas São Luiz e Santa Isabel. A casa do professor fica por trás do estabelecimento e o relacionamento entre os dois não era bom já com o registro de discussões por conta da proximidade de mesas e cadeiras em relação à casa de Marcelo, o som dos shows no espaço e mais uma obra que vem sendo tocada pelo empresário. O avanço de mesas e cadeiras voltou a estremecer a relação já conflituosa, segundo constatou uma equipe da Força Tática de Apoio (FTA) que esteve no local após o atentado. Dimas teria se armado com um revólver e ido ao encontro do professor quando efetuou os disparos que atingiram ainda, de raspão na cabeça, a irmã deste J. L. Cavalcanti de Queiroz, de 46 anos, e a mãe dos dois igualmente de raspão, porém na perna. O empresário mandou os funcionários fecharem o estabelecimento e fugiu, enquanto as vítimas eram socorridas pelo SAMU para o Hospital Regional do Cariri. A polícia foi avisada de que Marcelo estaria com um revólver, mas a arma não foi encontrada.Fonte;Miséria

Veja Outras Matérias Abaixo:

Seja Profissional Indique Á Fonte Correta; :
Plágio é crime,Veja;No campo penal: “Art. 184. Violar direitos de autor e os que lhe são conexos: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, ou multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). § 1o Se a violação consistir em reprodução total ou parcial, com intuito de lucro direto ou indireto, por qualquer meio ou processo, de obra intelectual, interpretação, execução ou fonograma, sem autorização expressa do autor, do artista intérprete ou executante, do produtor, conforme o caso, ou de quem os represente: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - reclusão, de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003)”.Fonte;Portal A Desgraça