Atenção;Este site contém cenas violentas inadequadas para menores de 18 anos e pessoas sensíveis Aqui assuntos policiais são tratados da mais real maneira possível

CIDADÃO METE BALA EM ACUSADOS DE ESFAQUEAR SEU FILHO EM PARNAÍBA

FORÇA POLICIAL | 15:34 |

Vendedor ambulante tem a casa apedrejada e efetua dois disparos, deixando um baleado, ao ver o seu filho furado de faca. O crime aconteceu por volta das 15h30 desta quarta-feira (05/11) no conjunto João Paulo II, Bairro Mendonça Clarck, em Parnaíba. Segundo a mãe de Ian Lucas Silva Nascimento, 18 anos, o mesmo estava dando banho no cachorro no rio Igaraçu, quando um grupo de quatro jovens tentou assaltá-lo com facas para levar sua bicicleta.

Ian Lucas saiu correndo, foi perseguido, e ainda foi esfaqueado nas costas, até sua casa localizada no bloco L do Conjunto João Paulo II.A casa do jovem começou a ser apedrejada. O pai de Ian, o senhor José Sousa Nascimento, 53 anos, viu o filho ferido e sua casa sendo apedrejada e pegou um revólver de calibre 32 e efetuou dois disparos.
Um dos projéteis atingiu o pescoço de Joel Santos da Costa que foi levado de moto para o Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (HEDA). Rafael dos Santos Costa, 22 anos, e o adolescente F.F.C.V., de 16 anos de idade, foram capturados pela Polícia Militar sob acusação de serem autores da agressão. Com eles foram apreendidas facas e a arma também foi apreendida, a mesma estava com duas munições deflagradas. Os envolvidos foram levados para a Central de Flagrantes e os acusados foram recolhidos a uma cela para serem ouvidos posteriormente.Daniel Santos para o Proparnaiba.com

Veja Outras Matérias Abaixo:

Seja Profissional Indique Á Fonte Correta; :
Plágio é crime,Veja;No campo penal: “Art. 184. Violar direitos de autor e os que lhe são conexos: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, ou multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). § 1o Se a violação consistir em reprodução total ou parcial, com intuito de lucro direto ou indireto, por qualquer meio ou processo, de obra intelectual, interpretação, execução ou fonograma, sem autorização expressa do autor, do artista intérprete ou executante, do produtor, conforme o caso, ou de quem os represente: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - reclusão, de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003)”.Fonte;Portal A Desgraça