Atenção;Este site contém cenas violentas inadequadas para menores de 18 anos e pessoas sensíveis Aqui assuntos policiais são tratados da mais real maneira possível

CRIANÇA COM PARALISÍA CEREBRAL E ATROFIA DAS PERNAS,PRECISA DE PRÓTESE PARA ANDAR

FORÇA POLICIAL | 15:09 |

O casal Gerusia Maria de Sousa Gomes e Raimundo Nonato Narciso de Moraes, pais do pequeno Cauã, de 10 anos, estiveram na recepção da rádio Atitude FM para solicitar ajuda financeira para comprar uma prótese ortopédica para a criança.

Aos sete meses de idade Cauã foi diagnosticado com paralisia cerebral e, além disso, começou a sofrer com atrofia das pernas. Duas cirurgias já foram feitas para que o menino recupere a capacidade motora e venha a andar, mas para que isso aconteça é necessário que ele utilize uma prótese ortopédica que impeça novo atrofiamento dos membros inferiores. Tão logo retire o gesso das penas ele terá que faz uso da prótese. O preço do equipamento ortopédico, no entanto, é o grande empecilho para a reabilitação de Cauã. A prótese custa entre R$ 3.200 e 3.600 e os pais do menino não tem condições financeiras de arcar com o custo. A única alternativa do casal foi pedir a ajuda da população através do rádio. Qualquer quantia em dinheiro será bem vinda. Quem puder fazer doações deve deixa-las na recepção da rádio Atitude FM, localizada na Rua Quintino Cunha, nº 54, ou na casa da família, localizada na Rua Francisco José de Oliveira (Rua do INSS), nº 317, no bairro Santa Rita. O telefone do casal é 85 91003430. No dia 30 de dezembro a rádio Atitude FM promoverá um sorteio de uma geladeira, um fogão e um micro-ondas. O dinheiro arrecadado será em benefício de Cauã. A doação dos eletrodomésticos foi feita pelo engenheiro civil Edgar Martins. Os interessados em adquirir cartelas (inclusive para revenda) devem entrar em contato com os pais da criança. Cada cartela custará R$ 5. Informações Do Radialista Mardem Lopes DRT 2652 CE

Veja Outras Matérias Abaixo:

Seja Profissional Indique Á Fonte Correta; :
Plágio é crime,Veja;No campo penal: “Art. 184. Violar direitos de autor e os que lhe são conexos: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, ou multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). § 1o Se a violação consistir em reprodução total ou parcial, com intuito de lucro direto ou indireto, por qualquer meio ou processo, de obra intelectual, interpretação, execução ou fonograma, sem autorização expressa do autor, do artista intérprete ou executante, do produtor, conforme o caso, ou de quem os represente: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - reclusão, de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003)”.Fonte;Portal A Desgraça