Atenção;Este site contém cenas violentas inadequadas para menores de 18 anos e pessoas sensíveis Aqui assuntos policiais são tratados da mais real maneira possível

JÁ FOI IDENTIFICADO O HOMEM QUE MATOU CAVALO A TIROS E DIVULGOU NA INTERNET

FORÇA POLICIAL | 13:20 |

Um vídeo que circula nas redes sociais está causando revolta de internautas e de entidades de defesa dos animais pela crueldade das imagens. Nas imagens, um homem atira com uma espingarda e mata um cavalo sem motivo algum. Ele foi identificado pela policia do Espirito Santos e prestou depoimento na delegacia.
O vídeo foi gravado em maio por Luis José de Souza Junior, que faz ameaças à pessoas do whatsapp com uma espingarda calibre 12, ele engatilha a arma e dispara contra o cavalo.
As imagens chocantes se espalharam rapidamente pela internet e chegaram às mãos da polícia. A policia agora investiga quem teria postado as imagens na internet, mas já acredita que a origem da postagem seja o próprio computador do acusado.Luiz José foi localizado em Ecoporanga, cidade localizada a 300 km de Vitória, capital do ES. No depoimento o homem diz que o cavalo estava doente e que a operação seria muito caro e ele não teria condições de pagar, então resolveu sacrificar o animal. Luiz também diz que se arrepende de ter feito o vídeo, que segundo ele, não passou de uma brincadeira. Luiz não ficou preso, e vai ser indiciado por crime ambiental, a pena prevista para maus tratos de animais é de 3 meses a um ano de detenção e pagamento de multa. sentença que pode ser revertida para prestação de serviços à comunidade.http://www.itaberabanoticias.com.br/
Confira o vídeo neste Link;https://www.youtube.com/watch?v=HEZu5Fj3Uh4

Veja Outras Matérias Abaixo:

Seja Profissional Indique Á Fonte Correta; :
Plágio é crime,Veja;No campo penal: “Art. 184. Violar direitos de autor e os que lhe são conexos: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, ou multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). § 1o Se a violação consistir em reprodução total ou parcial, com intuito de lucro direto ou indireto, por qualquer meio ou processo, de obra intelectual, interpretação, execução ou fonograma, sem autorização expressa do autor, do artista intérprete ou executante, do produtor, conforme o caso, ou de quem os represente: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - reclusão, de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003)”.Fonte;Portal A Desgraça