Atenção;Este site contém cenas violentas inadequadas para menores de 18 anos e pessoas sensíveis Aqui assuntos policiais são tratados da mais real maneira possível

TENTOU METER ASSALTO EM POSTO DE COMBUSTÍVEL E LEVOU UM CACETE DA POPULAÇÃO

portal a desgraça | 09:35 |

Um homem sofreu uma tentativa de linchamento após assaltar um posto de combustível no bairro Parque Piauí, na zona Sul de Teresina. Segundo informações de testemunhas, ele estava com uma arma branca e foi rendido pelos frentistas e clientes que estavam no estabelecimento. Populares se aglomeraram e começaram a espancar o acusado; Policiais da Força Tática do 6° batalhão chegaram no momento e efetuaram a prisão.

“Nós fomos informados que na hora do assalto dois clientes reagiram e conseguiram tomar a arma branca do bandido. Ele saiu em fuga e pegaram ele em uma quadra por trás do posto. Quando nós chegamos já encontramos ele todo lesionado pela população. Antes ele já tinha praticado um assalto contra duas senhoras, a sorte dele foi que a gente chegou porque senão tinha acontecido coisa pior”, declarou o cabo César Gomes. O acusado alegou que estava bêbado no momento da ação e que não lembra de nada.
Um dos frentistas do posto bastante revoltado com a situação pede providências. “A gente estava trabalhando, um rapaz deu um murro na mão dele e ele soltou a faca. Nós corremos atrás dele e depois que nós conseguimos dominá-lo chegou outras pessoas e começaram a agredir também. Não é o primeiro assalto, já é bem o quinto. E o pior é que eles sempre roubam o dinheiro e as vezes é descontado do nosso salário. Na última vez eles roubaram mais de R$ 200 reais e já fui informado que vai ser descontado do meu bolso, eu tenho conta para pagar e família para sustentar”, relatou ele.Fonte;MeioNorte

Veja Outras Matérias Abaixo:

Seja Profissional Indique Á Fonte Correta; :
Plágio é crime,Veja;No campo penal: “Art. 184. Violar direitos de autor e os que lhe são conexos: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, ou multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). § 1o Se a violação consistir em reprodução total ou parcial, com intuito de lucro direto ou indireto, por qualquer meio ou processo, de obra intelectual, interpretação, execução ou fonograma, sem autorização expressa do autor, do artista intérprete ou executante, do produtor, conforme o caso, ou de quem os represente: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - reclusão, de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003)”.Fonte;Portal A Desgraça