Atenção;Este site contém cenas violentas inadequadas para menores de 18 anos e pessoas sensíveis Aqui assuntos policiais são tratados da mais real maneira possível

TRAFICANTE SE VESTIA DE MULHER PARA ENGANAR A POLÍCIA MAIS ACABOU NAS GRADES

FORÇA POLICIAL | 08:59 |

Um traficante que se vestia de mulher para despistar a polícia foi preso na manhã desta terça-feira (25), em Esplanada, no nordeste da Bahia. Robson da Silva Gomes, conhecido como Boró, foi localizado por policiais militares no bairro de Baixa Grande. Segundo o Correio, ele tentou escapar do cerco policial pulando o muro de uma casa vizinha, mas foi alcançado e conduzido à Delegacia Territorial de Esplanada.

Robson, que não estava disfarçado no momento da prisão, estava com uma arma e foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma. De acordo com informações da Polícia Civil, o traficante é foragido da Justiça desde outubro e suspeito de envolvimento em diversos homicídios na cidade de Esplanada. Desconfiado de que estava sendo procurado, Robson costumava se vestir de mulher para transitar nas ruas da cidade sem ser identificado. Segundo o delegado Wagner Marinho, titular da Delegacia Territorial de Esplanada, “Boró” confessou ter matado Gerson Cardoso de Almeida, em outubro deste ano, e tentado matar o filho da vítima, duas semanas depois. Ele disse ainda ter assassinado um adolescente identificado como Michel Peterson Costa Santos, em maio, assumindo, também, a autoria da tentativa de homicídio contra um homem de prenome “Bugue”. Informações do Bahia Notícias.

Veja Outras Matérias Abaixo:

Seja Profissional Indique Á Fonte Correta; :
Plágio é crime,Veja;No campo penal: “Art. 184. Violar direitos de autor e os que lhe são conexos: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, ou multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). § 1o Se a violação consistir em reprodução total ou parcial, com intuito de lucro direto ou indireto, por qualquer meio ou processo, de obra intelectual, interpretação, execução ou fonograma, sem autorização expressa do autor, do artista intérprete ou executante, do produtor, conforme o caso, ou de quem os represente: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). Pena - reclusão, de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003)”.Fonte;Portal A Desgraça